Casal é preso em Água Santa por abusar da própria filha

Compartilhe

A polícia civil de Tapejara prendeu na última sexta-feira à tarde, um casal, ela de 39 anos e ele de 41 anos, acusados de abusarem sexualmente da própria filha de quatro anos. O fato aconteceu no interior de Água Santa. O casal já havia perdido a guarda da criança há cerca de 20 dias. A menina foi deixada na casa de um familiar porque o casal foi à uma consulta médica em Tapejara uma vez que o homem não estava se sentindo bem.  Quando a madrinha foi dar banho na criança percebeu que ela estava machucada. Foi aí que a criança fez o relato do abuso do pai que teria o consentimento  da  mãe.  Foi acionado o Conselho Tutelar de Água Santa e depois a polícia. A criança foi levada a um hospital de Tapejara e depois trazida ao São Vicente em Passo Fundo para exames.   A polícia fez a investigação e na sexta-feira obteve autorização judicial e prendeu o casal que está recolhido no presídio de Getúlio Vargas. 

Ela foi presa em casa e o homem,  momentos depois quando descia de um ônibus de trabalhadores na BR-285. Natural do Maranhão, ele  já está há mais de 15 anos residindo na região e trabalhava numa empresa de Passo Fundo.

Leia Também Operadoras adiantam relógios e causam confusão Casos de toxoplasmose sobem para 809 em Santa Maria Mega-Sena paga hoje prêmio de R$ 3 milhões Magnori: uma trajetória exemplar na educação municipal