PRF divulga balanço da Operação Carnaval 2018

Compartilhe

No período de 09 a 14 de fevereiro, durante a Operação Carnaval, a PRF fiscalizou mais de 600 veículos/pessoas e realizou cerca de 400 testes de alcoolemia. Foram atendidos seis acidentes, sendo dois  com danos materiais, três com feridos e um acidente com morte. Houve um pequeno aumento no número de acidentes, em 2017 foram atendidos apenas 5 acidentes e nenhum deles resultou em morte.

O primeiro acidente com óbito atendido pela PRF em 2018, ocorreu na madrugada de sábado (10), na BR 472  em Três de Maio. Ele ocorreu por volta das 03h40, quando um Prisma com placas de Cabreuva/SP veio a atropelar uma idosa que caminhava sobre a pista. A motorista do Prisma, 39 anos, moradora de Santa Rosa, não se feriu. A idosa foi identificada posteriormente, tinha 66 anos e era moradora de Horizontina. 

Na tarde de sábado, na BR 392, em Guarani das Missões, por volta das 16h30, um Polo de Caxias do Sul colidiu na traseira de um Prisma de Santo Ângelo. Ninguém se feriu. Entretanto, o motorista do Prisma, 43 anos, de Santo Ângelo, ao ser submetido ao teste de alcoolemia, obteve resultado positivo. Ele foi autuado e teve a CNH recolhida. 

No domingo (11), na BR 158, em Cruz Alta, por volta das 20h10, envolvendo uma motocicleta Honda/CBR1000, que tombou e saiu de pista. O motorista, 32 anos, de Tupanciretã, teve ferimentos graves, foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital em Cruz Alta. Ela não tinha habilitação para conduzir motocicleta.

Na tarde de segunda-feira (12), em frente ao UOp PRF em Ijuí, uma mulher alcoolizada colidiu na traseira de uma Doblo da Prefeitura de Guarani das Missões. A PRF recebeu a denúncia de que um Ka sedan vinha transitando em zigue-zague pela BR 285, próximo de Ijuí. A viatura deslocou na direção informada para localizar o referido veículo e próximo ao entroncamento com a RS342, a PRF não só visualizou o veículo, como teve que desviar para o acostamento para não colidir com ele, pois havia invadido a pista contrária. A viatura retornou e, devido a proximidade com a UOp, solicitou aos policiais que estavam lá, auxílio para abordar o referido Ka. Em frente a UOp de Ijuí, os policiais sinalizaram para os veículos reduzirem a velocidade e nisso, o Ka veio a colidir na traseira de uma Doblo de Guarani das Missões. A Doblo era da Secretaria de Saúde daquele município e estava transportando três pacientes. Um deles teve pequeno ferimento no rosto. A motorista do Ka, 40 anos, moradora de Panambi, foi submetida ao teste de alcoolemia, o qual acusou o resultado de 0,60 mg/L. Ela ficou ferido e foi socorrida pelo SAMU. O fato foi registrado na Delegacia de Polícia de Ijuí.

Houve reforço na fiscalização, no entanto, a imprudência ainda persiste. Neste período foram extraídos 199 autos de infração e grande parte deles foram referentes às infrações mais graves: ultrapassagem em local proibido (29), embriaguez ao volante (26) e excesso de velocidade (30). A PRF continuará trabalhando com afinco durante todo o ano para que o número de acidentes diminua. A Delegacia permaneceu 66 dias sem registrar acidentes com morte, um número de dias bastante expressivo para o seu contexto.

Leia Também Grave acidente deixa três pessoas feridas na Esquina Penz Homem condenado por homicídio é preso pela Polícia Civil Homem é preso em flagrante após agredir mulher no bairro Santa Marta Diretoria da Acisa recebe comandante do 3º RPMon