Restauradas as floreiras destruídas na Avenida Brasil

Compartilhe


Cumprindo um acordo formalizado pela Prefeitura de Passo Fundo, por meio da Procuradoria Geral do Município, o proprietário do veículo que destruiu parte das floreiras de concreto instaladas no canteiro do Espaço Roseli Doleski Preto, na avenida Brasil, já realizou a indenização aos cofres públicos. O condutor efetuou o pagamento dos serviços de restauração dos canteiros.

Após o acidente, a Secretaria de Planejamento fez o levantamento dos danos estruturais, onde mais de 50 blocos de concreto (modelo muro flor) e paisagismo foram destruídos. Conforme o acordo, o responsável pelo acidente teria 30 dias para fazer o conserto. No início dessa semana, após a limpeza e a retirada dos entulhos, a empresa que fez o projeto original instalou as novas floreiras e recompôs o paisagismo que existia antes do acidente.

O acidente aconteceu na madrugada do dia 27 de janeiro, quando o veículo, ainda sem confirmação do motivo, chocou-se contra as floreiras e danificou o patrimônio público.

(Foto: Alex Borgmann)


Leia Também Realizada reunião para tratar do impasse em torno da vinda da Havan ANTI-FAKE: Havan não trocou Passo Fundo por Erechim Diretoria da Leão XIII fala sobre os compromissos da nova gestão Assembleia do Corede Produção define projetos da Consulta Popular 2018/2019