Cadê as propostas para a área da Manitowoc?

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Mais trabalho e menos conversa

Este ano temos eleições no Brasil e Copa do Mundo, esses dois eventos, com certeza irão atrasar muita coisa para a população, pois ambos terão efeito de fazer os órgãos públicos e privados, diminuir o ritmo de trabalho. Portanto, o bom seria não perder tempo com muita conversa discurso, defesa de teses e ideologias, coisas que na prática não levam a nada na vida das pessoas, é preciso fazer acontecer, para mudar as coisas. Tenho percebido muitos políticos, intelectuais, professores, sindicalistas, empresários, enfim pessoas de diversas categorias que só conversam, sabem de tudo e estão sempre com a razão. Porém, não vejo muito essas mesmas pessoas botarem a mão na massa, ou seja, trabalhar de verdade. O ano por si só será mais lento, então vamos sair da teoria e vamos para a prática, a dica é trabalhar mais e falar menos.

 

Preconceito que incomoda

Tenho recebido muitos contatos de amigos, da mesma cor que eu, comentando alguns fatos de suspeita de preconceito. Por exemplo, um cinema da cidade, tirou de cartaz um filme que conta a história de uma nação africana, está em cartaz no mundo inteiro, lançamento aguardado por uma legião de fãs, mas aqui não vai passar. Pode ser que não tenha nada a ver com preconceito, racismo ou coisa do gênero, mas é no mínimo suspeito. Assim é a maioria dos casos, sempre haverá uma justificativa, mas no fundo a verdade é uma só. Apesar de ser difícil comprovar, os negros não podem se calar e precisam denunciar qualquer acontecimento, afinal isso é crime, previsto no código penal.

 

Área da Manitowoc vai ficar abandonada

Como se previa a área da Manitowoc, que estava praticamente vendida, permanece abandonado, sem servir para nada, para nenhuma empresa e muito menos para a cidade. Cadê as empresas tão interessadas na área, que depois de “melar” o negócio, silenciaram, perderam o interesse? É importante passar para o público qual a proposta, concreta, em valores, realizada por essas empresas. Até onde eu tenho conhecimento só o Záffari realmente fez isso, as outras ficou só na conversa.  Como já disse em outras oportunidades, para mim tanto faz a empresa, o importante é evitar o desperdício de todo o investimento feito no local. Enquanto isso cresce o desemprego, o município perde em retorno de arrecadação, perde recursos que poderiam servir para investimento em tantas áreas, lamentável.

 

Dizem por aí... Que o vice-prefeito, João Pedro, é o maior incentivador da candidatura do prefeito Luciano a uma vaga na Câmara dos Deputados. Será verdade?  

Leia Também Mentira desmascarada Linda ou ridícula? Muito obrigado Dom Urbano! O respeito à propriedade alheia