Valores e princípios

Postado por: Isadora Fochi

Compartilhe

 Preservar significa proteger o que respeitamos, defendemos e amamos.

Somos convidados a promover essa preservação da nossa história, nossa cultura, nossa tradição, enfim, daquilo que aprendemos a aderir como parte de nossas vidas.

Um dos aspectos mais importantes no tradicionalismo, e um dos quais o Movimento Tradicionalista Gaúcho tanto preza e valoriza é a questão de preservar aquilo que nos foi legado há anos atrás. Muitos pensam que ao fazermos isso, o tradicionalismo deseja voltar no tempo, retroceder, mas afirmo aos senhores, é o oposto.

Ao voltarmos nossa atenção para os feitos do passado, nós estamos garantindo que a história não morra por ai, e mais, aprendendo que com o passar do tempo muitos valores e legados se tornam diferentes. Somos todos os dias testados perante a sociedade sobre nossos verdadeiros valores e princípios.

E ao fazermos isso, estamos voltando nossa mente aos ensinamentos que nossos antepassados nos deixaram, e nos ensinaram a respeitar e acatar, estamos constantemente lembrando deles, e sempre os praticamos.

No meio tradicionalista desfrutamos de um convívio saudável entre as gerações, um convívio de aprendizados e de ações. Estas, por sua vez praticadas pelos jovens, que se tornam os protagonistas de suas próprias caminhadas e continuam a construir o que os antepassados começaram.

Neste ciclo, cabe a cada um transmitir os valores, princípios e os legados que receberam daqueles que já deram sua contribuição, para aqueles que ainda irão iniciar essa caminhada de preservação e construção do nosso movimento!

 

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

 

Leia Também 25º Domingo do Tempo Comum. Municípios devem participar do censo SUAS O político honesto e seu Fusca. Uma incrível história real. Sabedoria