Percentual de cheques devolvidos permanece em 1,92%

Compartilhe

Em janeiro, segundo dados da Boa Vista SCPC, o indicador registrou queda em relação ao ano anterior e estabilidade em relação à dezembro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados foi de 1,92% em janeiro 2018, registrando redução em relação ao ano anterior (-0,15 pontos percentuais). Os dados foram divulgados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). De acordo com o levantamento, na comparação mensal o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados permaneceu estável em relação a dezembro, associado ao crescimento compensatório entre os cheques movimentados (0,7%) e devolvidos (0,8%) em janeiro.

Para o diretor do SCPC de Passo Fundo, Valter Ceolin, o recuo no número de cheques devolvidos em relação ao ano anterior deve-se à redução da inflação, à queda dos juros e ao comportamento do consumidor, que priorizou o pagamento de dívidas com a segunda parcela do décimo terceiro. De acordo com Ceolin, apesar dos dados positivos é indispensável para o lojista a cautela na hora de efetuar a venda com este meio de pagamento. "O SCPC conta inúmeras soluções para o apoio ao recebimento de cheques com segurança, desde consultas e relatórios até serviços de garantia integral dos valores recebidos em cheques", comenta.

Metodologia

O Indicador de Cheques Devolvidos da Boa Vista SCPC é a proporção de cheques devolvidos (2ª devolução por insuficiência de fundos) sobre o total de cheques movimentados, que é o total de cheques compensados somados aos devolvidos.

 

Foto Eduarda Perin/CDL
Indicador é a proporção de cheques devolvidos sobre o total de movimentado

Leia Também Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã Receita Federal paga o quinto lote de restituições do IR Dólar cai 2,35% e recua a R$ 3,76 Contas de luz continuam com tarifa mais cara em outubro