Percentual de cheques devolvidos permanece em 1,92%

Compartilhe

Em janeiro, segundo dados da Boa Vista SCPC, o indicador registrou queda em relação ao ano anterior e estabilidade em relação à dezembro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados foi de 1,92% em janeiro 2018, registrando redução em relação ao ano anterior (-0,15 pontos percentuais). Os dados foram divulgados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). De acordo com o levantamento, na comparação mensal o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados permaneceu estável em relação a dezembro, associado ao crescimento compensatório entre os cheques movimentados (0,7%) e devolvidos (0,8%) em janeiro.

Para o diretor do SCPC de Passo Fundo, Valter Ceolin, o recuo no número de cheques devolvidos em relação ao ano anterior deve-se à redução da inflação, à queda dos juros e ao comportamento do consumidor, que priorizou o pagamento de dívidas com a segunda parcela do décimo terceiro. De acordo com Ceolin, apesar dos dados positivos é indispensável para o lojista a cautela na hora de efetuar a venda com este meio de pagamento. "O SCPC conta inúmeras soluções para o apoio ao recebimento de cheques com segurança, desde consultas e relatórios até serviços de garantia integral dos valores recebidos em cheques", comenta.

Metodologia

O Indicador de Cheques Devolvidos da Boa Vista SCPC é a proporção de cheques devolvidos (2ª devolução por insuficiência de fundos) sobre o total de cheques movimentados, que é o total de cheques compensados somados aos devolvidos.

 

Foto Eduarda Perin/CDL
Indicador é a proporção de cheques devolvidos sobre o total de movimentado

Leia Também Sistema de saque do PIS fora do ar em Passo Fundo Receita libera consulta ao segundo lote de restituição do IR 2018 Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bilhões para a economia Plano Safra traz recursos de R$ 194 bi e redução de 1,5% nos juros