Moção de repúdio proposta por Luiz Miguel é aprovada

Compartilhe

Votada na tarde desta quarta-feira (28), a Moção que repudia o posicionamento de uma rádio gaúcha em relação ao músico Vitor Mateus Teixeira, o Teixeirinha, foi aprovada pelos vereadores da Câmara de Passo Fundo. A matéria, proposta pelo vereador Luiz Miguel Scheis (PDT), rechaça os comentários e postagens nas redes sociais realizadas pela rádio da cidade de Canoas, no momento em que um ouvinte solicitou a música do artista.

Conforme Scheis, ao receber o pedido, a rádio teria desrespeitado tanto o ouvinte, quanto a memória de Teixerinha, insinuando que a audiência da emissora iria diminuir e que, da mesma forma, “não adianta ressuscitar música daqueles que já morreram”, cita a proposição do parlamentar. Ainda, teriam se referido ao artista com comentários pejorativos, denigrindo e menosprezando a história do músico e compositor. “Acreditamos que a postura de uma emissora de rádio formadora de opinião foi no mínimo desrespeitosa com o artista, com os familiares e com nossa cidade que se orgulha de ter este músico como referência”, defende Scheis.

Com a aprovação, a Moção deve ser encaminhada à Presidência da Assembleia Legislativa e ao Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado do Rio Grande do Sul.

Rejeitada

Durante a Ordem do Dia, os vereadores rejeitaram uma Moção que prestava apoio ao recebimento da área doada à Manitowoc e, também, à doação do espaço à Comercial Zaffari. Proposta pelo vereador Saul Spinelli (PSB), a proposição foi contestada pelo democrata Patric Cavalcanti, que considerou ser necessário respeitar o ordenamento jurídico, uma vez que existe uma Ação Civil Pública em tramite, e que solicita a devolução da referida área. “Temos que deixar a justiça julgar o mérito. Aprovar uma Moção de Apoio nesse ponto do processo, é dizer que a Câmara não respeita a ação judicial, é desrespeitar a legislação, é desrespeitar a justiça”, disse Patric.

Leia Também Beto Albuquerque será o candidato do PSB ao Senado Projeto altera serviço de vigilância armada em instituições financeiras Vereadores reivindicam em Brasília mais efetivo para Correios em Passo Fundo Estudada alteração no Plano Diretor de Passo Fundo