Basegio delatou cinco políticos

Compartilhe

Quatro parlamentares foram relacionados nas denúncias da delação do ex-deputado estadual Diógenes Basegio.  Inicialmente, cinco deputados foram citados, mas, por falta de consistência, o número foi reduzido para quatro. A acusação é de que também teriam praticado malfeitos em seus gabinetes, ações que resultaram na perda do mandato do agora delator. Os atos supostamente praticados pelos envolvidos são anteriores e até 2015.

A confirmação foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), que esteve reunido com os representantes do Ministério Público (MP) para tratar do andamento do processo.

A defesa de Basegio confirmou as negociações com o Ministério Público e a homologação do acordo pela 10ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Em delação, o ex-deputado entregou documentos e detalhadamente falou sobre as práticas ilegais que teriam sido cometidas por ele e outros parlamentares. O conteúdo é mantido sob sigilo.

A delação premiada foi homologada na 10ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça. O acordo poderá reduzir eventual pena a reclusão que Diógenes Basegio venha a ser condenado. Em novembro de 2015, ele foi teve o mandato cassado por unanimidade. 


Relembre o caso:

http://rdplanalto.com/noticias/10255/fantastico-da-globo-revela-que-deputado-basegio-ficaria-com-par...

Leia Também Beto Albuquerque será o candidato do PSB ao Senado Projeto altera serviço de vigilância armada em instituições financeiras Vereadores reivindicam em Brasília mais efetivo para Correios em Passo Fundo Estudada alteração no Plano Diretor de Passo Fundo