Basegio delatou cinco políticos

Compartilhe

Quatro parlamentares foram relacionados nas denúncias da delação do ex-deputado estadual Diógenes Basegio.  Inicialmente, cinco deputados foram citados, mas, por falta de consistência, o número foi reduzido para quatro. A acusação é de que também teriam praticado malfeitos em seus gabinetes, ações que resultaram na perda do mandato do agora delator. Os atos supostamente praticados pelos envolvidos são anteriores e até 2015.

A confirmação foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), que esteve reunido com os representantes do Ministério Público (MP) para tratar do andamento do processo.

A defesa de Basegio confirmou as negociações com o Ministério Público e a homologação do acordo pela 10ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Em delação, o ex-deputado entregou documentos e detalhadamente falou sobre as práticas ilegais que teriam sido cometidas por ele e outros parlamentares. O conteúdo é mantido sob sigilo.

A delação premiada foi homologada na 10ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça. O acordo poderá reduzir eventual pena a reclusão que Diógenes Basegio venha a ser condenado. Em novembro de 2015, ele foi teve o mandato cassado por unanimidade. 


Relembre o caso:

http://rdplanalto.com/noticias/10255/fantastico-da-globo-revela-que-deputado-basegio-ficaria-com-par...

Leia Também PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro Meirelles será secretário da Fazenda em São Paulo Vereadores aprovam projeto que extingue funções gratificadas na Prefeitura Prefeito Luciano Azevedo pede licença do PSB