Espaço para discutir energias renováveis

Compartilhe

A grande vitrine do agronegócio também abre suas portas para debater os avanços da energia fotovoltaica e a necessidade da sua aplicação no campo. No segundo dia de programação da 19ª Expodireto Cotrijal, terça-feira (6), aconteceu a palestra com o engenheiro agrônomo e associado da Cotrijal Udo Schmiedt, proprietário da empresa Tropical Energia, no auditório da produção.

Prestigiaram a abertura da programação, o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, o vice-presidente, Enio Schroeder, conselheiros, líderes da cooperativa, associados, produtores e público em geral no parque.

Precisamos debater as energias renováveis, pois pelo assunto passa o futuro do nosso país. Já avançamos muito, mas olhando para países desenvolvidos vemos que ainda temos um longo caminho a percorrer, por isso a importância de debater o tema durante a Expodireto Cotrijal”, mencionou Nei César Mânica. O vice-presidente completou, dizendo que pensar sustentável, através de energias renováveis, é se preocupar com as gerações e com o planeta a longo prazo.

Schmiedt acredita que a Expodireto Cotrijal é um momento pertinente para debater o assunto, pelo alcance que a feira tem e, principalmente, por ser referência em inovação e tecnologia. Pulverizador elétrico, trator dirigido por celular, colheitadeira automotriz elétrica e trator elétrico são algumas das novidades que o engenheiro agrônomo diagnostica para o agronegócio nos próximos anos. Tecnologia que exige fontes alternativas de produção de energia. “Cada dia que passa o campo está evoluindo e, com isto, vem a necessidade de ter energia para alimentar o futuro desta geração e das próximas. Precisamos estar preparados para esta tecnologia que vai chegar a nós”, alerta.

Espaço no parque – As energias alternativas estão expostas no Parque da Expodireto Cotrijal desde a edição da feira em 2013. O Espaço da Natureza Cotrijal conta com placas fotovoltaicas instaladas na Casa do Meio Ambiente e ainda com dois aerogeradores próximos ao Recanto Temático. O projeto-piloto de energia renovável, promovido pela Cotrijal e empresa Tropical, existe desde 2012.
Além disso, a Unidade de Beneficiamento de Sementes da Cotrijal, em Não-Me-Toque, já possui um sistema com 11 placas fotovoltaicas que alimenta o laboratório de análise de sementes.

Leia Também Em Dia de Campo, protagonismo do meio rural é ressaltado Preservação do solo é tema de curso na Embrapa Curso de atualização em agricultura conservacionista em Passo Fundo nesse final de semana Embrapa realizou Dia de Campo