Drogas legalizadas matam muito mais gente

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

O delegado da Polícia Federal, Mario Luiz Vieira e os colaboradores da Casa Maanaim e da FECA, órgãos que ele coordena, realizam um grande trabalho de prevenção ao consumo de drogas. Com toda a sua experiência no combate ao crime, o delgado disse, em entrevista a Rádio Planalto, que é preciso combater o traficante, mas não resolve, pois prendem um, aparecem outros dois. Então o melhor combate é a prevenção e por incrível que pareça as drogas licitas como cigarros e bebidas alcoólicas têm sido as grandes vilãs quando se fala em levar uma pessoa à morte. As drogas legalizadas matam muito mais como que as drogas ilícitas, como crack, cocaína e maconha. A grande maioria das pessoas não se da conta disso. Isso quer dizer que, quem fuma cigarro e tem pena do viciado em crack, deve ter pena maior de si mesmo, pois tudo leva a crer que irá morrer entes, em consequência do seu vício.

 

Delação de Basegio apavora deputados candidatos à reeleição

Tudo leva a crer que a delação, do deputado cassado, Diogenes Basegio, vai desmascarar muitos outros deputados, que também se aproveitam do cargo que ocupam, para desviar dinheiro público. Basegio mereceu a punição que teve, mas seríamos ingênuos se acreditássemos que só ele fazia “rolo” na AL. Tem muito deputados que fizeram coisas até pior e estão numa boa. É preciso pegar todos os ladrões do povo, seja da forma que for e a população e principalmente os eleitores, não podem mais votar nessa gente, nem que seja do seu partido ou da sua cidade, chega de proteger corruptos, só por serem “companheiros”.

 

Candidatura de Dipp pode inviabilizar representação de Passo Fundo

O ex-prefeito, Dipp, que parecia ter desistido da política, surpreende, ao assumir que será candidato a deputado estadual. Foi um dos grandes prefeitos da nossa cidade e um político correto, porém a sua eleição é uma incógnita. Tendo em vista que os eleitores novos desconhecem quem foi Dipp, ele irá disputar votos na faixa etária dos mais velhos. Tem chances de se eleger, sem dúvidas, mas tem chance ainda maior de inviabilizar outras candidaturas locais, de haver uma grande divisão de votos, inclusive com os de fora e Passo Fundo não eleger ninguém.

 

Mulheres na política

Na Semana da Mulher, os assuntos relacionados a elas devem ganhar ainda mais espaços nas discussões publicas. A história mostra a evolução das mulheres, que hoje em dia estão exercendo as mesmas atividades dos homens. O que precisa é aumentar a participação delas próprias, principalmente na política, onde por não gostarem e não votarem nelas mesmas deixam os homens ser a imensa maioria dos representantes da população.

 

Dizem por aí... Que não existe mais machismo na nossa sociedade e que isso é coisa do passado. Será verdade?

Leia Também Golpe Jurídico sendo colocado em prática Selvageria nas ruas de Passo Fundo Temos muitos “Adélios” andando por aí! Maioria dos eleitores é contra misturar religião com política