Bolsonaro cita Marau como bom exemplo

Compartilhe

Olá amigos! Hoje vou falar sobre o vídeo que na semana passada circulou nas redes sociais, onde o presidenciável Jair Bolsonaro, citou Marau durante um encontro da comunidade brasileira em Taiwan, na Ásia. Na ocasião, ele mencionou o projeto Bolsa Família em Ação, criado em 2014, na minha gestão enquanto Prefeito de Marau, como modelo a ser seguido no País. Vale dizer que, independente de qual candidato tenha citado nosso município - pois não se trata de campanha eleitoral - fiquei muito feliz pelo reconhecimento desse projeto que trouxe benefícios a nossa cidade.

O Bolsa Família em Ação, desenvolvido pela então Secretária de Desenvolvimento Social Sheila Figueiró e sua equipe, teve como objetivo realizar um diagnóstico da realidade dos beneficiários do programa Bolsa em nosso município. Depois de um levantamento criterioso, concluiu-se que 1/3 dos beneficiários não se enquadrava no programa. Ou seja, recebiam o repasse indevidamente. Aos 2/3 restantes, foram disponibilizados programas de capacitação profissional, como o Pronatec e cursos oferecidos pela Prefeitura. Após receberem formação, muitos foram inseridos no mercado de trabalho e deixaram de necessitar do auxílio. Além disso, as famílias atendidas pelo programa passaram a ser acompanhadas por uma equipe especializada. Não só a vulnerabilidade econômica, mas diversos aspectos foram observados e para muitos deles, foi possível oferecer auxílio profissional. O projeto inovador nos rendeu o Prêmio Gestor Público 2014, oferecido pelo SINDIFISCO-RS (Sindicato dos Funcionários Públicos da Administração Tributária do Estado do Rio Grande do Sul) e AFISVEC-RS (Associação dos Auditores-Fiscais da Receita Estadual - RS). Esse é um importante prêmio do estado, outorgado aos municípios do Rio Grande do Sul como reconhecimento de grandes ações que atinjam resultados positivos para a comunidade.

Trabalhando no Ministério das Cidades, no período de 2009 à 2012, tive a oportunidade de conhecer outros estados do Brasil e suas diferentes realidades. Por isso, posso afirmar com tranquilidade que o Bolsa Família é um importante programa para as famílias que vivem na extrema pobreza. Porém, se torna um gasto desnecessário quando oferecido àqueles que não precisam desse benefício. Nesse sentido, as Prefeituras têm a responsabilidade de auxiliar o Governo Federal, fiscalizando e, principalmente, oferecendo oportunidades para que as famílias possam conquistar independência econômica. Quando o número de beneficiários diminui é sinal de que o município está crescendo e oferecendo oportunidade de emprego e renda à população. Afinal, é bom lembrar aquele velho ditado “TEMOS QUE ENSINAR A PESCAR E NÃO SÓ DAR O PEIXE”.

VOCÊ SABIA?

Em todo o Brasil, hoje mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Programa Bolsa Família.

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.


Leia Também Transtorno de Personalidade Borderline Crescimento, emprego e custos de vida: o governo não entregou o que prometeu Derrota e ensinamentos na Série Prata Alimentos que tiram a fome