Instagram e Snapchat removem GIFs após caso de racismo

Compartilhe
O Instagram e o Snapchat removeram a função de adicionar GIFs a posts no último final de semana. A mudança foi percebida por usuários e nenhum dos dois apps se pronunciou oficialmente sobre o caso. De acordo com o site TechCruch, a remoção ocorreu após a descoberta de um GIF racista que aparece ao fazer a busca por “Crime”. A imagem simulava um contador de mortes de negros, rodado por um macaco sob comando de um homem branco, que dizia para o animal continuar o trabalho porque os valores só estavam a aumentar.

O Snapchat foi o primeiro a remover o recurso e, segundo o TechCrunch, um representante do aplicativo informou que a função, adicionada recentemente, foi suspensa até que a equipe do Giphy - serviço que fornece os GIFs para as duas plataformas - cuide da situação. O Giphy permite que usuários adicionem imagens animadas em seu catálogo, mas seu termo de serviços informa que não são permitidos posts com itens abusivos, obscenos, ofensivos ou vulgares.
De acordo com a declaração de um representante do Giphy ao site Engadget, o conteúdo racista foi incluído devido a um problema no filtro de moderação de conteúdo, mas já foi removido do banco de dados. Além disso, a equipe estaria revisando cada imagem manualmente e o trabalho deve ser concluído em breve. “Nós corrigimos o erro e remoderamos todos os GIFs em nossa biblioteca. Nós assumimos a responsabilidade total por esses eventos recentes e, sinceramente, pedimos desculpas a quem se sentiu ofendido", informou.


*com informações TechTudo

Leia Também Anatel irá bloquear celulares irregulares no Brasil Quais os celulares que mais emitem radiação? Carreiras ligadas às mídias sociais estão em alta em 2018 ANTI-FAKE: alertando contra ‘’Fake News’’