UPF oferece Cursinho Pré-Vestibular Popular e Comunitário

Compartilhe

 

Por possuir um caráter voltado à integração entre sociedade e meio acadêmico, a Universidade de Passo Fundo (UPF) receberá, nos dias 26, 27 e 28 de março, inscrições para o Pré-Vestibular Popular e Comunitário.

 

O projeto de extensão, vinculado à Faculdade de Educação (Faed) e ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), tem por objetivo fornecer um ensino pré-vestibular gratuito para alunos em situação de vulnerabilidade social, residentes em Passo Fundo e região. A atividade se insere em uma proposta aberta de criação de novas práticas educativas, aproximando-se da perspectiva abordada por Paulo Freire, baseada no ensino como instrumento a serviço da democratização, transformação social e construção libertadora de saberes e na convicção de que, a partir de tais práticas, o educando consegue modificar o meio em que vive.

 

Sob a coordenação dos professores Ivan Dourado e Rosimar Esquinsani, a iniciativa promove a autonomia e a perspectiva de ingresso ao ensino superior para grupos de baixa renda, étnicos, de gênero e beneficiários de programas governamentais, como o Bolsa Família, além de integrantes de movimentos sociais, refugiados e imigrantes. Doutor em Educação, Dourado salienta que o projeto tem o perfil de uma universidade comunitária e atuará em duas grandes dimensões. “A primeira diz respeito à formação continuada dos alunos extensionistas, que não necessariamente precisam ser da licenciatura. Esses acadêmicos terão uma experiência como educadores, dentro de um espaço de educação não formal. A segunda dimensão é a possiblidade de oferecer uma condição mais igualitária para quem não teria condições de pagar um pré-vestibular tradicional, o que se justifica em razão de que não temos, na Universidade, a representação que observamos nas escolas públicas”, explica.

 

Pré-requisitos de seleção

A primeira turma será composta por 30 alunos que atendam aos critérios de seleção especificados no edital, disponível no site www.upf.br. Segundo Dourado, a prioridade de vagas será proporcional ao número de critérios identificados. “Isso não significa que seja necessário apresentar todas as especificações, mas quem se enquadrar no perfil de maior vulnerabilidade estará mais propenso a ingressar na turma”, enfatiza.

 

Inscrições serão realizadas no Campus III

As aulas serão gratuitas e as inscrições podem ser realizadas nos dias 26, 27 e 28 de março, das 19h30min às 21h30min, no Campus III da Universidade de Passo Fundo, localizado na Avenida Brasil, em frente ao Teatro Múcio de Castro.

 

Mais informações podem ser obtidas através do e-mail cursinhoupf@gmail.com.

 

Leia Também Alunos da IMED recriam maquete de cidade inteligente França confirma presença no Festival Internacional de Folclore Escola Ernesto Tochetto promove Feira dos Países e Etnias Sessão solene do Conselho Universitário celebra os 50 anos da UPF