O Brasil que eu quero para o futuro!

Postado por: Clovis Oliboni Alves

Compartilhe

Uma das maiores emissoras de canal aberto de televisão brasileira (TV Globo), lançou a campanha “que Brasil você quer para o futuro”? O objetivo era colher opiniões dos brasileiros, com vídeos de 15 segundos enviados para a TV Globo, com mensagens de perspectivas para o futuro do País, porém, a campanha pegou um outro rumo, pois os telespectadores preferiram expor mazelas sociais, situações onde a falta de políticas públicas ou a negligência dos agentes públicos, precarizaram ainda mais os serviços públicos. As principais denúncias foram sobre os seguintes temas: obras públicas inacabadas, questões ambientais, além da crise ética e moral de nossa classe política. Os vídeos estão sendo enviados de todos os rincões brasileiros, mostrando também as belezas cênicas de nosso imenso Brasil.

A campanha da Globo se transformou em um grande sucesso, tanto no canal de TV como nas redes sociais, onde a liberdade de expressão associada a criatividade dos brasileiros, tornaram o tema ainda mais interessante e instigante. Os brasileiros “meteram a boca no trombone”, literalmente! Se a intenção da emissora era apenas transmitir mensagens de esperança e perspectivas positivas para o futuro, os brasileiros demonstraram bem mais que isso: denunciaram crimes ambientais, negligências com obras públicas inacabadas ou sem uso, cobraram iniciativas dos políticos e da sociedade como um todo. As pessoas denunciaram através de imagens e áudios, problemas até então mantidos no anonimato, sem o conhecimento da sociedade e das autoridades competentes, que após a publicidade dos fatos, ficam com a obrigação de no mínimo investigarem as denúncias. Todos os cidadãos brasileiros precisam ter a consciência de sua responsabilidade, denunciar é um ato de cidadania.

Os brasileiros demonstraram através da publicidade dos vídeos, o poder de mobilização e de formação da opinião pública, sensibilizando brasileiros de todos os cantos do Brasil, relatando problemas muitas vezes comuns entre os estados e municípios. A campanha que tem abrangência nacional, nos trás com riqueza de detalhes, um panorama geopolítico, social, ambiental e econômico de nosso País. Através das manifestações extraímos o sentimento dos eleitores brasileiros, suas preocupações, indignações e perspectivas para o futuro. Nos chama à atenção também, o carinho e amor demonstrado pelas suas cidades, onde as pessoas falam com orgulho de suas regiões, destacando coisas boas e positivas. O Brasil visto de sul a norte, nos impressiona por sua diversidade cultural. Parece que estamos falando de vários países dentro de um só país.

  O tema da campanha é inquisitivo, e a resposta está sendo dada pelos brasileiros: o Brasil que nós queremos para o futuro é um país sem miséria, com uma maior distribuição de riquezas, com acesso a saúde e educação de qualidade, com segurança pública e dignidade para todos. Um Brasil que respeite a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável. Um Brasil com políticos honestos, desprendidos da ganância, comprometidos com os interesses do povo, que saibam respeitar e zelar pelo patrimônio público. Um Brasil onde as crianças sejam respeitadas e tratadas com amor e carinho, com seus direitos garantidos, pois nelas está o futuro que almejamos.

 “Os brasileiros deram o seu recado, manifestaram as suas angústias e desejos. Demonstraram um Brasil até então desconhecido por muitos. O próximo passo será dado nas urnas, com o voto, onde a oportunidade de mudança e de realização de nossos desejos, estará mais uma vez nas mãos dos candidatos, que irão conduzir o Brasil que nós queremos para o futuro”.

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.


Leia Também 560 mil quilômetros de histórias e contando Negócios da área da saúde e a preocupação ambiental Declaração Universal dos Direitos Humanos As saídas temporárias dos presos