Instituição pública não pertence a partido político

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

É uma vergonha utilizar um espaço público, como uma Universidade Federal, para fazer campanha política antecipada, como está fazendo o ex-presidente Lula. A Universidade pode ter sido criada no seu Governo. Pode ter companheiro político seu na reitoria, mas isso não quer dizer que a instituição é dele ou do PT, a instituição é de todos os brasileiros. O lula pode vir a hora que quiser a Passo Fundo, mesmo contra a vontade da maioria, agora usar instituições públicas desta forma é inadmissível. Em pesquisa na instituição 93% dos alunos se posicionaram contrário à realização do evento político, obrigando a cancelar as atividades acadêmicas e ainda colocando em risco o patrimônio público, tendo em vista que o conflito entre grupos, pró e contra, será inevitável, podendo ter quebra-quebra e pessoas feridas, mesmo com a presença de policiamento. Permitir e incentivar um evento como esse chega a ser uma irresponsabilidade. Mas para aqueles que são contra o ex-presidente Lula, a Justiça poderá dar um presente a eles, antes do evento, que é a prisão deste condenado por corrupção, o que seria um fato histórico para Passo Fundo, ter o ex-presidente preso em nossa cidade.

 

Polêmicas em escolas estaduais

A troca da direção, na escola que funciona junto ao Presídio Regional de Passo Fundo, está provocando certa polêmica entre os apenados, que apoiam o trabalho da atual diretora, porém, por se tratar de uma indicação política, a mudança tem tudo para acontecer. A atual diretora está há muitos anos a frente da escola, realizando um trabalho exemplar, mas esse tipo de situação é comum quando depende da movimentação política. Outra escola que não vive um bom período é o histórico, Protásio Alves. O diretor está sendo alvo das mais diversas denúncias, inclusive de assédio por parte de estudantes. Na parte administrativa o diretor tem ido bem, porém o trato com as pessoas é péssimo. Uma sindicância foi feita pela Coordenadoria de Educação e o caso agora aguarda decisão da Secretaria Estadual de Educação, em Porto Alegre.

 

Dizem por aí... Que zelando pela integridade da população e pela proteção aos bens públicos e privados, o evento de Lula, em Passo Fundo, será cancelado pela Justiça. Será verdade?

Leia Também Curiosidades sobre o Fusca Como fica o Congresso após a aprovação da Reforma da Previdência? Com sapato ou sem sapato O bom samaritano