Letramento em programação ampliado para 11 municípios

Compartilhe

Saudações a todos leitores do Blog Ciência e Inovação para a Educação! Hoje vamos apresentar o lançamento da edição 2018 do projeto Letramento em Programação do Instituto Ayrton Senna em parceria com a Imed e os municípios de Carazinho, Coxilha, Marau, Tapejara, Passo Fundo, Lagoa Vermelha, Sananduva, Ernestina, Getúlio Vargas, Ibiraiaras e Ibirapuitã.

O projeto é desenvolvido na região desde o ano de 2016 pelo Instituto Ayrton Senna em parceria com a IMED, tem por objetivo desenvolver habilidades para os cidadãos do século XXI, como fluência tecnológica, criatividade, resolução de problemas complexos e empreendedorismo, usando como vetor o pensamento computacional.

Um video do impacto do projeto no Norte Gaúcho foi desenvolvido na última formatura, chamada TechOscar, e pode ser conferido na íntegra aqui:https://www.youtube.com/watch?v=oGRi3dYcxZ4&t=9s

A expectativa para esse ano, é alcançar mais de 1.000 jovens formados em nossa região, em uma perspectiva não técnica, e sim de formação humana para a colaboração, trabalho em equipe, superação, resiliência e dedicação ao estudo.

O Instituto Ayrton Senna propõe o uso do computador como uma ferramenta poderosa para estimular o desenvolvimento de estudantes e professores. Por isso, o Instituto realiza atividades de Letramento em Programação em escolas públicas, com objetivo de dar oportunidade para os professores conhecerem novas metodologias de ensino e os estudantes desenvolverem competências de resolução de problemas, criatividade, colaboração e comunicação, essenciais para a vida no século 21, essas competências contribuem para a educação integral de crianças e jovens.

Quando participam de aulas em que conhecem ferramentas e linguagens próprias para programar com computadores, os estudantes passam a construir projetos próprios – de jogos, aplicativos, narrativas animadas, entre outros – em que utilizam a máquina para criar algo novo ou solucionar um desafio, destaca o Coordenador do InovaEdu da IMED, Dr. Amilton Rodrigo de Quadros Martins.

Atualmente com foco em alunos do Ensino Fundamental do 4º ao 9º ano, o programa ocorre em escolas públicas de redes parceiras do Instituto, que escolhem participar da iniciativa. As atividades de Letramento em Programação são realizadas por educadores das próprias escolas, que participam de formações e ações de acompanhamento com a equipe do Instituto Ayrton Senna.

Quer ampliar o projeto para sua escola ou cidade ? Entre em contato pelo inovaedu@imed.edu.br que faremos contato com a Escola ou Secretaria de Educação do seu município.

Fonte imagem: Francine Tiecher

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

Leia Também Solução para o atraso Eleição Presidencial: A ecologia não é questão secundária! Pobreza de propostas em campanhas eleitorais Alimentos aquecidos a altas temperaturas e risco de câncer