Rio Grande do Sul gerou 13 mil empregos em fevereiro

Compartilhe

O Rio Grande do Sul criou 13.024 vagas com carteira assinada em fevereiro deste ano, o que representa o melhor resultado para o mês desde 2014. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nessa sexta(23), pelo Ministério do Trabalho.

Em relação ao mês passado, a economia gaúcha só perdeu para as de São Paulo e Santa Catarina em criação de empregos.

Apesar de positivo, o saldo é pequeno se comparado com o de quatro anos atrás, quando foram geradas 26,5 mil vagas de emprego formal em fevereiro. Dos 13 mil postos criados em 2018, quase 10 mil vieram da indústria da transformação. Os serviços geraram mais 2,8 mil. De outro lado, o Comércio eliminou 2,5 mil.

No acumulado do ano, o Rio Grande do Sul registra a criação de 30.910 vagas com carteira assinada.

Cenário nacional

Em fevereiro, o Brasil criou 61.188 mil postos de trabalho. O número supera os mais de 35 mil empregos gerados em fevereiro do ano passado e também corresponde ao melhor resultado desde 2014, quando foram abertas 260.823 vagas no mesmo período.

O mês de fevereiro também seguiu a tendência positiva de janeiro, quando foram abertos 77,8 mil novos postos de trabalho. “Esses resultados confirmam a recuperação econômica e a retomada dos empregos. As medidas adotadas pelo governo foram acertadas e estamos otimistas que esses números se repetirão ao longo do ano”, avaliou o ministro interino do Trabalho, Helton Yomura, em nota enviada à imprensa.

No saldo consolidado de 2017, o Brasil teve resultado negativo, com o fechamento de 20,8 mil empregos com carteira assinada.


*com informações Rádio Guaíba

 

Leia Também Instituto Ayrton Senna teve formatura em Passo Fundo RS volta a exportar carne de frango para o mercado chileno Preço da gasolina cai 2% nas refinarias Receita Federal paga o quinto lote de restituições do IR