Igreja inicia a celebração da Semana Santa

Compartilhe


Retratando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, montado em um jumentinho e aclamado pelo povo como rei, o Domingo de Ramos, celebrado neste domingo, 25, dá início a Semana Santa e introduz os católicos em momentos de reflexão e celebração do tríduo pascal: paixão, morte e ressurreição de Cristo. Em Passo Fundo, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, os fiéis se reuniram durante a manhã em frente à paróquia para celebrar a data através da Procissão de Ramos.

Além da Procissão, a celebração, que foi presidida pelo arcebispo dom Rodolfo Weber e acompanhada pelo pároco da Catedral, padre Ari Reis, envolveu a comunidade na narrativa sobre a Paixão de Cristo. Dom Rodolfo, em sua fala, destacou que o Domingo de Ramos traz elementos essenciais para a fé cristã. “Não pelo discurso, mas pela recordação dos fatos que aconteceram em Jerusalém e que repercutem hoje em nossa vida. Aquele eco que foi ouvido me Jerusalém, quando Jesus foi recebido pelo povo, ecoa hoje, também, em nossa voz: “Bendito o que vem, bendito o Senhor!”, iniciou.

Dom Rodolfo acrescentou, ainda, que as celebrações desta semana não devem ser vistas simplesmente como história. “As narrações bíblicas não tem o objetivo de ser uma biografia, mas de nos inserir nos acontecimentos da Semana Santa. Não é uma aula de história ou uma história dramática para suscitar comoção sentimental. É, sim, uma narração destinada aos fiéis sobre os primeiros e fundamentais artigos da fé cristã. Para nos apresentar quem é o Cristo que, sendo inocente, escolheu morrer por pecadores. Revelam a identidade e a presença salvífica de Deus na história do mundo, tornando-a história da salvação”, complementou. “Precisamos nos imaginar nesse dia porque essa Semana Santa nos ajuda a nos aprofundarmos na nossa fé”, concluiu.

Programação
Na Quinta-feira Santa, dia 29, às 9h, a Catedral recebe o Clero da Arquidiocese e a comunidade para a Bênção dos Santos Óleos – a celebração, que recorda a unidade da Igreja, é o momento onde ocorre a benção dos óleos que são usados durante o ano para as cerimônias de Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos das 53 paróquias que integram a Arquidiocese. Também na quinta-feira, às 20h, acontece a missa da Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio, com o rito do Lava-Pés. Na sexta-feira, 30, às 9h acontece a Bênção das Ervas Medicinais; às 10h30 a Via Sacra da Catequese; às 15h a Liturgia da Paixão e Morte com a procissão, por volta das 16h, ao redor da Praça Ma
rechal Floriano; e, às 20h, a Encenação da Paixão, Morte e Ressurreição. No sábado, dia 31, às 19h a comunidade vai celebrar a Vigília Pascal com a bênção do fogo e da água.



--------------------------------------------------

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação
Arquidiocese de Passo Fundo

Leia Também Rádio Planalto transmite ao vivo a Festa de São Cristóvão Festa de São Cristóvão ocorre domingo em Passo Fundo Neste sábado o Bazar Solidário da Paróquia Santo Antônio Itepa: inicia a segunda etapa da Pós-Graduação em Espiritualidade