Ação Evangelizadora: Cada comunidade uma nova vocação

Compartilhe

A vocação para o sacerdócio, à vida consagrada, à família, ou à missão é um dom concedido somente por Deus, mas, também, é fruto da comunidade que reza. O papa Francisco acredita nisso: “Jesus nos disse que o primeiro método para obter vocações é a oração e nem todos são convencidos disso”. Além da oração, outro elemento essencial é o testemunho. E é baseada nesses dois instrumentos que se desenvolverá a Ação Evangelizadora “Cada comunidade uma nova vocação” – que, na Arquidiocese de Passo Fundo, foi lançada na Semana Santa pela Equipe de Animação Vocacional.


A primeira proposta deste projeto – que teve início no Paraná e, agora, envolve os três estados do Sul do país - visa ao resgate da cultura vocacional em nossas comunidades por meio da oração. Para isso, somos convidados a motivar a Oração Pelas Vocações ou outra oração na intensão vocacional no início ou término de todos os encontros/reuniões da Igreja. Como por exemplo: assembleias, reuniões de clero, conselhos de pastoral, encontros da catequese, movimentos, organismos, grupos de trabalho… É importante recordar às pessoas a intenção da oração: pelas vocações.

A partir da data que inicia a Ação Evangelizadora, cada comunidade da Arquidiocese de Passo Fundo também receberá a capelinha vocacional. As comunidades escolherão o seu animador vocacional para zelar pela capelinha, motivando a oração pelas vocações em todas as celebrações e organizando a estadia da mesma durante uma semana em cada família. O animador vocacional também acompanhará e motivará os vocacionados de sua comunidade com a ajuda da equipe de animação vocacional da Arquidiocese.

Testemunho vocacional
O segundo pilar do projeto visa a evangelização através do testemunho de quem vive com alegria a sua vocação. Os jovens precisam ver testemunhos bonitos de pessoas que se dedicam inteiramente ao Senhor com alegria, para que possam se sentir motivados a apostar sua vida nesse mesmo caminho. “É verdade que o jovem sente o chamado do Senhor, mas o chamado é concreto e, na maioria das vezes, é: ‘Quero me tornar como ele ou ela’. Existem testemunhos que atraem os jovens. Os testemunhos dos bons sacerdotes e das boas religiosas”, disse também o papa Francisco. Por isso, é importante falar sobre beleza da vocação e todos os horizontes que ela abre para a vida. O testemunho em redes sociais é uma das formas de responder à provocação do projeto.

Como você e sua comunidade tem incentivado e cuidado das vocações?


---

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br
Texto: Padre Éberson Fontana | SAV

Leia Também Romaria de São Miguel com preparativos em fase final Cáritas Arquidiocesana realiza assembleia Segurança na Romaria Arquidiocesana é tema de reunião Festa das Capelinhas ocorre domingo na Paróquia Santo Antônio