Dado o recado para o STF

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

O Exército, através de seu comandante Vilasboas, deu o recado ontem para o STF, caso os ministros queiram rasgar a constituição e passar a livrar da prisão condenados em segunda instância. Eu acredito na Justiça. Acho que a polêmica antecipada é desnecessária, creio que a prisão de Lula será determinada de forma natural. Porém, se isto não acontecer o Exército vai cumprir sim as suas atribuições para manter a ordem e o cumprimento das leis. Caso o STF aplique este golpe no país, a ordem social estará deposta e aí o país, que já está bagunçado, será anarquizado de vez. É inimaginável qualquer outra decisão, que não seja a imediata prisão do ex-presidente corrupto, que roubou e traiu a nação. Ninguém mandou o Lula roubar, pelo contrário, ele fez por vontade própria e ainda autorizou toda a companheirada a fazer o mesmo, então deve pagar por isso, junto com todos os envolvido, seja do partido que for. Não prender o Lula significa absolver criminosos e bandidos de todas as origens. Se isto acontecer à impunidade e a insegurança irão governar este país. Por isso o recado do Exército ao STF, como quem diz, “não façam isto, senão teremos ter que intervir”.

 

Foco na arrecadação

Uma pena que o Governo, use dos órgãos de segurança pública, com o foco principal na arrecadação. Nada contra a Guarda de Trânsito e a Brigada apoiarem a Receita Estadual, nas Blitz de fiscalização pelo pagamento do IPVA. Esses órgãos precisam cumprir as suas obrigações, mas gostaríamos de ver esse mesmo efetivo e policiamento trabalhando com foco na prevenção, na orientação, aliado as pessoas de bem, para combater a criminalidade. Polícia pouco se vê nas ruas. O trânsito precisa de mais fiscalização e não existem agentes suficientes para toda a demanda, ou seja, quando se trata de cobrar impostos tem gente, mas quando se tratar de oferecer segurança, não tem gente, interessante.

 

Dizem por aí... Que o ex-presidente Lula será preso hoje ainda e que o Exército não irá precisa intervir para manter a ordem no Brasil. Será verdade?

 

Leia Também Municípios receberão R$ 44 milhões para salas de vacinação Na escola da Misericórdia A fábula do vestidinho azul Jamais abdicar da democracia!