'Ler é ser' foi tema da conferência de abertura da V Semana das Letras

Compartilhe
Os coordenadores das Jornadas Literárias, professores Fabiane Verardi Burlamaque e Miguel Rettenmaier, foram os conferencistas da palestra de abertura da V Semana das Letras, promovida pela Academia Passo-Fundense de Letras (APLetras), realizada na noite de quarta-feira, 4 de abril. O tema desta edição da Semana das Letras é “Literatura: a arte e a ciência do ser” e a programação segue até sábado, 7 de abril. O evento ocorre no auditório da APLetras, na Avenida Brasil Oeste, 792, no centro. A Universidade de Passo Fundo (UPF), juntamente com a 7ª Coordenadoria Regional de Educação, a Prefeitura de Passo Fundo e o Instituto Histórico de Passo Fundo, é parceira do evento.

Os coordenadores das Jornadas Literárias participaram da palestra de abertura sobre o tema “Ler é ser”, que norteou a última edição da Jornada Nacional de Literatura, realizada em 2017. “A Jornada é essa movimentação permanente, que trabalha com essa questão da descentralização da leitura, da leitura compartilhada, dialogada e conversada em diferentes espaços, não mais apenas nos espaços da Universidade. A nossa concepção de leitura é a leitura como construção da identidade, que transforma e forma o sujeito. Nós somos o que lemos, por isso que ‘Ler é ser’”, declarou Fabiane.

Envolver a comunidade e instituições em prol da literatura e da formação de leitores é um dos objetivos tanto da Semana das Letras quanto das Jornadas Literárias. “A Jornada trabalha com essa perspectiva de trabalho envolvendo a subjetividade, a intersubjetividade, a constituição de uma identidade comunitária e de um projeto envolvendo toda uma cidade em torno da leitura e da literatura. Temos também a união de instâncias distintas de uma comunidade envolvida numa mesma intenção de promover a literatura, formar leitores e trabalhar por aquilo que é mais necessário neste momento, que é consciência em plena crise de valores e de ética”, ressaltou Rettenmaier.

Diversas palestras ocorrem no decorrer da semana, bem como lançamentos e venda de livros. “A escolha do tema da Semana das Letras não foi por acaso. A temática foi escolhida pensando em encontrar meios de contribuir para as transformações necessárias para a nossa sociedade. Convidamos palestrantes que abordarão de que modo a leitura, a literatura e a escrita contribuem para a formação do sujeito, do homem e da própria humanidade”, enfatizou a coordenadora da comissão organizadora do evento, Marilise Brockstedt Lech.

A noite de abertura também contou com uma solenidade, com a presença de diversas autoridades, entre elas o presidente da APLetras, Odilon Garcez Ayres, e o secretário municipal de Transparência e Relações Institucionais, Edson Nunes, que representou o prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo. A apresentação musical foi feita por Ana Zordan, integrante do Núcleo Suzuki e da Orquestra, projetos de extensão da UPF.

A programação completa da Semana está na página do evento no Facebook: V Semana das Letras da Academia Passo-Fundense de Letras.

Confira a programação dos próximos dias:

6/04 (Sexta-feira) - 19h
Conferência: Formação do pensamento ocidental
Convidado: Prof. Dr. José Hildebrando Dacanal
Mediadores: Prof. Dr. Claudio Dal Bosco e Profa. Dra. Nara Rubert
Coordenação: Marisa Zílio, Odilon G. Ayres e Agostinho Both

7/04 (Sábado) - 10h
Local: Arena do Espaço Roseli Doleski Pretto
Homenagem pelos 80 anos da APLetras 
Comemoração do dia do escritor passo-fundense 
Palestra: "Para onde caminha a humanidade: a literatura como possível direção"
Convidado: Prof. Dr. Edemilson Brandão 
Encerramento da V Semana das Letras da APLetras 
Coordenação e mediação: Marilise B. Lech, Dilse Corteze, Rovena G. Dias e Ivaldino Tasca

Foto: Divulgação
Os coordenadores das Jornadas Literárias, professores Fabiane Verardi Burlamaque e Miguel Rettenmaier, foram os conferencistas da palestra de abertura da V Semana das Letras

Leia Também Idosos alunos da Oficina de Literatura lançam livro de contos e poemas Capes aprova doutorado em Bioexperimentação na UPF Cantata Natalina: até 2019 Atendidos pelo Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes celebram o nascimento do Deus menino