Diretor do Protásio Alves é destituído do cargo

Compartilhe

Na Rádio Planalto, coordenador da 7º CRE, Elton D'Marchi falou sobre o caso 

O diretor da Escola Estadual de Ensino Médio Protásio Alves de Passo Fundo, Julio Borges, foi destituído do cargo. A decisão, publicada no Diário Oficial dessa quinta-feira (5), foi tomada pela Secretária de Educação do Estado.

O ex-diretor foi alvo de uma sindicância que investigou suspeitas de problemas no relacionamento dele com professores da escola. O processo que iniciou em 2016, possui cerca de 600 páginas, com relatos de 32 pessoas, informou o coordenador da 7ª Coordenadoria Regional de Educação, Elton D’Marchi, sobre as investigações e análises do caso e sobre não ter conhecimento do conteúdo encaminhado à Porto Alegre.

O coordenador também informou que uma nova sindicância será aberta para investigar as suspeitas de intimidação e assédio moral feitas por diversos alunos da instituição, também, através de textos publicados no Facebook, onde alegavam estes tipos de problemas com o diretor. Professores também relataram acontecimentos semelhantes.   

A vice-diretora, professora Rosa Perez assume o cargo. Julio será transferido para outra escola.

Ouça: 

  • Ouça o áudio da conversa com o coordenador da 7ª Coordenadoria Regional de Educação, Elton D’Marchi

Leia Também Anhanguera oferece bolsas de estudo de até 100% de desconto Pais fazem filas para garantir matrículas na EMEI Santa Maria Inscrições para vestibular da UFRGS começam nesta segunda MEC pede mudança no horário de verão por causa do Enem