Direto de Brasília: Presidente do Arranjo de Desenvolvimento da Educação Norte Gaúcho é convidada para encontro com o MEC

Postado por: Amilton Rodrigo de Quadros Martins

Compartilhe

Nos dias 9 a 11 de abril, a Professora Fernanda Brandoli, Secretária de Educação de Marau e presidente do Arranjo de Desenvolvimento de Educação Norte Gaúcho, composto por 29 municípios das regiões Nordeste, Norte e Noroeste do RS, apresentou o case do ADE com os representes dos seis arranjos em atuação no Brasil, em um encontro com a SASE - Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino do Ministério da Educação, a convite do Secretário Marcos Ozorio e sua equipe técnica, que participaram intensamente dos debates e construções coletivas.

O objetivo do encontro foi aproximar o MEC das iniciativas nacionais dos sistemas de cooperação territorial horizontal, representadas pelos líderes dos ADEs, construindo uma agenda nacional conjunta, que conecta os Arranjos com o MEC e com as Undimes Estaduais e Nacional, formando uma forte rede nacional de colaboração pela educação. Ao final, o grupo desenvolveu um plano de ações práticas para dar visibilidade e legitimidade dos ADEs em todo o Brasil, que será publicizado tão logo tenha sua versão final aprovada.

Conforme cita a Presidente Fernanda Brandoli, “É um privilégio participar desse encontro, pois a diversidade e a legitimidade das experiências apresentadas durante o dia de hoje, nos fortalece enquanto representantes do Ade Norte Gaúcho e nos mobiliza a enfrentar nossas demandas a nível regional, pois há um objetivo comum, que perpassa todos os Arranjos do Brasil, que é melhorar significativamente a qualidade da educação de seus territórios”.

O que é um Arranjo de Desenvolvimento da Educação?

O parecer do Conselho Nacional de Educação CNE/CEB nº 9/2011, trata sobre a criação de Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADEs) como uma estratégia para implantar o regime de colaboração entre municípios. O projeto Arranjos de Desenvolvimento da Educação nasceu de uma iniciativa do movimento Todos Pela Educação (TPE) e objetiva desenvolver uma metodologia para apoiar municípios a alavancar ações e indicadores educacionais, visando à melhoria da qualidade da educação no âmbito local, em uma ação conjunta com o Ministério da Educação (MEC) e outros parceiros.

O Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE) é um modelo de trabalho em rede, no qual um grupo de Municípios com proximidade geográfica e características sociais e econômicas semelhantes busca trocar experiências e solucionar conjuntamente dificuldades na área da Educação. O fenômeno do associativismo territorial é muito importante nas federações, envolvendo, necessariamente, a aliança formal ou informal entre governos que estejam em territórios contíguos, podendo ter também a participação vertical de outros entes federativos.

Seu Município ou Conselho Municipal de Educação quer participar das ações do ADE Norte Gaúcho? Entre em contato pelo e-mail arranjo@imed.edu.br ou 54 3045-9075.

Amilton Rodrigo de Quadros Martins, Educador e líder do InovaEdu IMED – Laboratório de Ciência e Inovação para a Educação

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

 

 

Leia Também Acende-se o fogo da tradição Onde estava a Bíblia? Transtorno de Personalidade Borderline Crescimento, emprego e custos de vida: o governo não entregou o que prometeu