Justiça revoga prisão preventiva de envolvido no atropelamento de ciclista

Compartilhe
Em decisão de primeira instância na Justiça de Passo Fundo, foi decretada a revogação da prisão preventiva do homem envolvido no atropelamento com morte do ciclista ocorrido às margens da ERS 153, próximo ao Santuário Nossa Senhora Aparecida, em Passo Fundo. O fato aconteceu na manhã de 13 de fevereiro. Assim, ele poderá responder em liberdade pelo crime.
Na oportunidade perdeu a vida o oncologista Jonatas Conterno, de 30 anos de idade.
Além da prisão ocorrida, foi determinado o cumprimento de medidas cautelares. Entre as considerações apontadas pela defesa e acolhidas pela Justiça para ser colocado o indivíduo em liberdade estão o fato de ele ter endereço certo e emprego fixo em Passo Fundo. 
Nos próximos dias serão agendadas as datas de audiências de instrução criminal.  Com isso, ainda não é possível se precisar o período de realização do julgamento do caso.
Foto: Arquivo Planalto

Leia Também Polícia efetua quatro prisões em Marau Assaltantes usam maçarico para atacar agência bancária em Nova Pádua Mulher tem celular levado por adolescente no Parque da Gare Idosa morre atropelada acidentalmente por vizinha em Monte Alegre dos Campos