Investimentos na Segurança Pública

Postado por: Gilnei Fogliarini da Costa

Compartilhe

Aos poucos começamos a ver investimentos na Segurança Pública do Estado, e para a felicidade da população da região do Planalto, também estamos sendo contemplados com a aplicação de recursos nesta área que se tornou prioridade para qualquer governo.

Na última semana formaram-se 506 soldados da Brigada Militar, treinados e capacitados para atuarem nas mais diversas atividades de policiamento ostensivo, os quais já trabalham nas ruas do Estado. Nesta continuidade de investimentos, candidatos que prestaram o último concurso já se encontram realizando as últimas etapas para inclusão de 4.100 jovens no curso de formação de soldados.

Destaca-se ainda que no último mês a Brigada Militar recebeu também 114 novas viaturas e 164 escopetas calibre .12. São 86 carros e 28 caminhonetes, que representam o segundo lote de veículos adquiridos para reforçar o policiamento ostensivo em todo o Rio Grande do Sul. Na quinta-feira (12/4), a região do Planalto, recebeu, em uma solenidade com presença do governador e secretário de Segurança Pública do Estado, 15 novas viaturas, o que ampliará o policiamento ostensivo em nossa região.

Vale lembrar que desde o início do ano a região já foi contemplada com diversos policiais movimentados de outras regiões para a área do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Planalto, e outro processo de movimentação já se encontra em curso, aguardando publicação para que outros militares se apresentem em nossa região.

Além disso, a Brigada Militar continua avançando na prevenção e combate à criminalidade, com ações pró-segurança para a compra de equipamentos e melhorias em tecnologias, entre eles o sistema integrado com os municípios, vídeo monitoramento e cercamento eletrônico.

É sempre satisfatório quando o investimento é bem aplicado, e assim aguardamos por um novo efetivo de policiais que em breve devem começar o curso em nossa região. Espera-se que a Segurança Pública continue sendo tratada com responsabilidade e que os investimentos não parem por aí.     

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

 

Leia Também Feminicídios em alta no Brasil O constante trabalho de captura de infratores O Fusca nas telas Responsabilidades para com a família!