Vacinação contra a gripe inicia nesta segunda-feira

Compartilhe
A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe começa hoje, segunda-feira, dia 23 de abril, e se estende até o dia 1º de junho. Junto a mobilização nacional, os municípios também acompanham o calendário para oferecer imunização à população. 

Em Passo Fundo, a campanha será realizada em 24 unidades de saúde com salas de vacinação para facilitar o acesso da comunidade. A meta é vacinar 90% dos grupos prioritários elegíveis pelo Ministério da Saúde.

Quem deve procurar a vacina? 
- Pessoas com 60 anos ou mais de idade;
- Crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias);
- Gestantes;
- Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto);
- Trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas;
- Povos indígenas;
- Grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
- Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
- População privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Onde achar a vacina?
A vacina está disponível em 24 locais. Segundo a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Passo Fundo é importante a população ir somente nos locais indicados, que são espaços adequados para o atendimento obedecendo os padrões previstos no Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação do Ministério da Saúde. O horário de atendimento das salas de vacinas é de segunda a sexta-feira. 
CAIS: 8h às 18h
ESF e Ambulatórios: 8h às 11h30 e das 13h às 16h30

Neste ano há uma mudança na distribuição logística da vacina contra influenza. A Central de Vacinas não disponibilizará a vacina. O motivo é devido ao fluxo intenso e pelo espaço ser considerado fundamental no atendimento ao recém-nascido, além da prestar serviços específicos. Os grupos prioritários residentes do Centro devem buscar as unidades mais próximas como o Ambulatório de Especialidades, o CAIS Petrópolis, o CAIS Luiza e a UBS Adirbal Corralo.

UNIDADE/ENDEREÇO
CAIS Boqueirão
Coronel Pitinga, 11 – Edmundo Trein 
CAIS Hípica
Travessa Osvaldo Motta Fortes, 30 – Hípica
CAIS Petrópolis
Avenida Brasil, 1580 – Petrópolis
CAIS São Cristóvão
Scarpelini Ghezzi, 55 – Lucas Araújo
CAIS Luiza
Gervásio Annes, 303 – Luiza
ESFAdolfo Groth
Israel Bona, 78 – Morada do Sol
ESF Caic
Dalila,160 – Cohab II
ESF Adriana Lírio
Alferes Rodrigues, 90 – Operária
ESF Mattos
Felipe Moliterno, s/n – Mattos
ESF Nenê Graeff
Amilton Portes da Silva, 120 – Nenê Graeff
ESF Planaltina
Delmar Sitone, 385 – Planaltina
ESF Ricci
Camilo Ribeiro, 975 – Ricci
ESF Santa Marta/Donária
Palmares, 434 – Donária
ESF Valinhos
Niterói, 150 – Valinhos
ESF São Cristóvão
João Pessoa, 364 – São Cristóvão
ESF Zácchia
Argemiro Ferreira, 90 – José Alexandre Zachia 
ESF Jerônimo Coelho
Alfredo do Amaral, 130 – Jerônimo Coelho 
UBS Jardim América
Ernesto Bertoldo, s/n – Jardim América
UBS Ivo Ferreira
Brigada Militar, 740 – Bom Jesus
UBS Adirbal Corralo
Uruguaiana, s/n – Fátima
UBS Vila Nova/ Santa Maria
Aspirante Jenner, s/n – Santa Maria
Ambulatório Especialidades
Comandante Kraemer, 12 – Centro
Ambulatório São José
Avenida Luis de Camões, 217 – São José
Ambulatório São Luiz Gonzaga
Caravel, 535 – São Luiz Gonzaga

Programa Vacinação em Casa
Criado pela Prefeitura de Passo Fundo para levar a vacina contra o vírus da gripe até a residência de pessoas com 60 anos ou mais de idade, e que tenham dificuldades de locomoção, o Programa Vacinação em Casa iniciará junto com a campanha de vacinação.

O atendimento domiciliar da equipe do programa poderá ser solicitado a partir do dia 23 de abril pelo telefone (54) 3046-0153. O serviço estará disponível nos turnos da manhã e tarde.

O Programa Vacinação em Casa visa qualificar o atendimento de saúde aos idosos e prevenir o vírus da influenza (gripe). Destinado para pessoas com 60 anos ou mais de idade, sem condições de locomoção por diferentes motivos, a iniciativa é fundamental. A partir do programa, ainda é possível realizar a identificação e o cadastro da população idosa de Passo Fundo que sofre com algum grau de dependência de saúde. Com essas informações é possível proporcionar um atendimento humanitário para o grupo especial.


Leia Também Encontro do Meu Bebê, Meu Tesouro acontece nesta quinta-feira Brasil registra 677 casos de sarampo desde fevereiro HSVP divulga lista de aprovados para curso Técnico em Enfermagem ANTI-FAKE: Não existe vírus H2N3 no Brasil