7 dicas para melhorar suas fotos de celular

Compartilhe

Ter a capacidade de tirar boas fotos é uma das principais funções que as pessoas exigem de seus smartphones. Os fabricantes sabem disso. As câmeras evoluíram e nem sempre um telefone caro é sinônimo de boas imagens. Celulares intermediários estão conseguindo resultados notáveis, mas para isso é preciso saber usar bem a câmera que você tem.

1. Evite dar zoom: Quer aproximar-se do assunto fotografado? Chegue mais perto. Caminhe. A não ser que você tenha um celular com duas câmeras, evite o zoom sempre que possível. Isso porque com zoom você está simplesmente "recortando" um pedaço da imagem completa e não se aproximando de fato do objeto.

2. Limpe a lente: Pode parecer irrelevante, mas se seu celular está tirando fotos muito borradas ou com aspecto desfocado, a solução pode ser simplesmente esfregar a lente da câmera na sua roupa – cuidado com eventuais riscos-. Além de produzir artefatos da imagem, a sujeira na lente também pode desorientar os sensores do dispositivo, que não conseguirão focar ou expor adequadamente as cenas que você quer fotografar.

3. Pense na luz: Quando fotografa uma pessoa, você está capturando a luz que é refletida dessa pessoa e chega até o sensor da câmera. Por isso, se a pessoa estiver no escuro, a foto sairá escurecida. É importante que o objeto ou pessoa que você quer fotografar esteja bem iluminado, de preferência por uma fonte de luz que não aparece na cena (uma janela, por exemplo, porém cuidado com o contra luz, caso não seja intencional). Avalie as possibilidades de mover a pessoa para mais perto de uma parede clara... Vale até alguém segurar um rebatedor improvisado, como um lençol ou toalha branca para auxiliar na iluminação.

4. Seja criativo com o cenário, cores e enquadramento: Olhe a foto como um todo, não se concentre apenas na pessoa ou assunto fotografado. O que está em volta dela? Esses elementos são fundamentais para compor uma boa imagem. Escolher um fundo interessante e se possível retire do seu enquadramento o que pode “poluir” sua foto. Se alguma cor que está na roupa da pessoa fotografada puder se repetir em algum elemento do fundo, ou uma cor de alto contraste, invista nisso. Não tire as fotos sempre com o assunto centralizado, coloque-o mais para a esquerda, mais para a direita, em cima ou em baixo da composição, imagine-se pintando um verdadeiro quadro. Teste. Tenha o hábito de ao folear revistas ou ver propagandas, novelas, filmes... Observar esses detalhes. Já reparou que a maioria das cenas daria uma bela foto? Isso se chama direção de arte ou direção de fotografia. Seja mais observador quanto a isso e intuitivamente passará a criar fotos mais interessantes com seu smartphone.

5. Seja curioso com as configurações avançadas do celular: “Futrique”, mexa, explore seu aparelho. Leia o manual. Praticamente todo aplicativo de câmera tem um modo "avançado", que permite mexer em configurações como ISO, exposição, balanço de brancos, foco e outros recursos de maneira manual e independente. Mesmo que não entenda o que são esses recursos, vale a pena brincar um pouco com eles para ver quais resultados consegue. Você pode descobrir que uma pequena mudança dessas configurações pode deixar suas fotos bem melhores.

6. Ouse nos ângulos: Agache, fique na ponta dos pés, faça uma foto indo mais para a direita, outra para a esquerda, de baixo para cima, de cima para baixo, avalie o que ficar melhor e mais criativo.  É comum fazer-se uma sequência de fotos parado sob o mesmo ponto de vista. Mexa-se! Seu smartphone pode ser fantástico, mas nada substitui seu potencial criativo.

7. Invista em memória: Nada mais chato que querer fotografar e estar com o celular lotado. Você se frustra e acaba não fazendo o que gostaria ou da forma que poderia. Sem a preocupação do espaço de armazenamento você ficará mais relaxado para criar. Boas fotos!

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

Ionara Lermen é Publicitária. Mestre em Comunicação e Semiótica. Especialista em Criação para Multimídias. Idealizadora da Io Mídia e Design, onde atua com Marketing para Redes Sociais.

Leia Também Solução para o atraso Eleição Presidencial: A ecologia não é questão secundária! Pobreza de propostas em campanhas eleitorais Alimentos aquecidos a altas temperaturas e risco de câncer