5º Domingo da Páscoa.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
Salmo 21,26a. - "De vós procede o meu louvor na grande assembléia."
O Evangelho de Jesus Cristo, segundo evangelista João 15,1-8 nos traz a parábola da videira.  "Eu sou a videira e meu Pai é o agricultor". A advertência de Jesus: "quem permanecer em mim e eu nele, esse dará muitos frutos". O símbolo da videira que Jesus aponta, nos mostra que somos enxertados Nele e por isso precisamos dar bons frutos. Nós somos os ramos da videira, onde são produzidos os frutos. Será que estamos correspondendo eficazmente às expectativas de Deus? Sabemos que toda árvore para dar bons frutos necessita ter raízes fortes e profundas, para que possa viver saudavelmente. 
De onde nós tiramos a seiva para nossa vida? Estamos ligados a videira, que é Jesus? Esta parábola nos coloca, conscientemente, na dependência de Jesus, porque sem Ele nada somos e nada podemos. 
Mais uma vez a Palavra de Deus nos coloca no compromisso de assumirmos a missão que Jesus nos delegou. Levar o seu plano de amor para todos e testemunhá-lo como seus discípulos.
Bom domingo, na paz do Senhor.

Leia Também O cão, o trigo e o Fusca Não incide IOF sobre fluxo financeiro em participação em sociedade “Enviados para testemunhar o Evangelho da paz” Solução para o atraso