Rodas originais dos Fuscas no Brasil

Postado por: Júlio César de Medeiro

Compartilhe

Durante sua produção no Brasil o Fusca adotou vários tipos de rodas na sua montagem, evoluindo enquanto buscava acompanhar as necessidades do mercado.

Desde o início da sua importação em 1950 até outubro de 1952, os fuscas trazidos para o Brasil vinham montados com rodas aro 16 e 3” de tala, 5 furos e fechadas, ou seja, sem aberturas (ou janelas) de ventilação, com pneus diagonais de medida 5x16.

De outubro de 1952 até 1961, a roda padrão adotada foi a de aro 15 com 4 “ de tala, 5 furos para fixação e também fechada. A mesma roda foi empregada para os modelos monocromáticos de 1962. Essas rodas tinham o aro pintado na cor Branco Pérola L-97 e o centro pintado na cor do veículo. Mas nos Fuscas modelo luxo, que já saíam de fábrica também com faixa branca nos pneus, os aros das rodas eram na cor do veículo e o centro em Branco Pérola. As calotas para ambos os modelos vinham com o símbolo VW sem pintura. Os pneus passaram a ser os diagonais 5.60-15.

Nos Fuscas de 1962 a 1966 (1ª série) as rodas são pintadas na cor Cinza Prata VW-64, com calota com o VW pintado em preto. A faixa branca para os pneus foi abandonada.

Da 2ª série de 1966 até 1974, nos modelos com motorização 1300cc, as rodas passaram a ter 10 janelas projetadas para ajudar no resfriamento do sistema de freios e calotas com a logo VW sem pintura, sendo mantida a  cor Cinza Prata VW-64.

Em 1970 a 2ª série, denominada Fuscão, com motores de 1500cc, passou a ser montada com a roda de 4 furos e 20 janelas, na cor Alumínio Opalescente VW-2166 e calota chata com logo da VW. Em 1975 essa calota passou a ser opcional e o padrão de fábrica passou a ser a calota copinho, em plástico preto.

Em 1975 a VW padronizou para o Fusca um modelo único de roda, a com 4 furos e 20 janelas na cor alumínio, com aro 15 e 4” de tala, que permaneceu até o encerramento definitivo da produção, em 1996.

No reinício da produção do Fusca em 1993 os Fuscas ganharam pneus radiais 165SR15.

As exceções quanto isso tudo ficaram por conta das séries especiais 1600S-Besourão, Love e Verde Cristalino, que vinham calçadas com rodas 5Jx14H, as mesmas do Brasília, com pneus 5.90-14. A série Verde Cristalino contava com rodas pintadas na cor do veículo e sobre aro cromado.

Em toda a história do Fusca no Brasil, a VW nunca cogitou, nem para as séries especiais, utilizar rodas de liga leve, mantendo até o fim o padrão de rodas em aço.

Outro detalhe curioso é que toda a roda original VW vem com a data de sua fabricação gravada, no formato mês/ano. Essa data difere, conforme informações da linha de montagem da VW, em no máximo 3 meses da data de fabricação do veículo em que estão montadas, sendo uma ótima referência sobre originalidade.

Leia Também 11º Domingo do Tempo Comum. Programa Sustentabilidade Ambiental Empresarial será lançado pela ACISA Cuidado com o crime digital As pequenas ações