O perigo do uso de celular no trânsito

Postado por: Alcindo Neckel

Compartilhe

Segundo análise da bolsista voluntária do NEPMOUR e acadêmica da escola de Arquitetura e Urbanismo da IMED, Indiara Pinto Brezolin, o uso dos celulares facilitou a vida das pessoas. Esses aparelhos de celulares obtiveram funções cada vez mais utilizadas, como nas redes sociais, e-mail, GPS, entre outros, e comportam várias ferramentas de uso essenciais na atualidade, pois é comum sair na rua e ver pessoas utilizando o mesmo. No entanto, pode ajudar e facilitar diversos serviços, também pode colocar a vida de muitas pessoas em risco.

É difícil encontrar um motorista que nunca falou ao celular ou enviou mensagem enquanto conduzia o veículo. Isso acabou se tornando um habito comum, essas e outras fontes de distrações são responsáveis por uma alta porcentagem de acidentes no trânsito. No caso de envio de mensagens é a falta de atenção a mais alarmante, pois envolve a distração manual, visual e cognitiva. Ao usar o celular ao volante aumenta as chances de acontecer acidentes.

Esses acidentes podem ser de pequenos ou de grandes danos à saúde humana. Além de casos graves e fatais pela consequência da distração do condutor irresponsável de quem utilizou o celular ao volante.

O uso de celular é uma infração de transito e existem leis e multas controladoras, aplicadas a esses condutores (infratores). Porem para muitas pessoas deveria ser intensificado essa fiscalização para minimizar o uso do celular no exercício da condução veicular.

As pesquisas de Indiara Pinto Brezolin, revelam que alguns motoristas ignoram os perigos, pensam que são totalmente capazes de dirigir manuseando o aparelho de celular ao mesmo tempo. Pois, a cada mensagem que recebem ou enviam deixam de prestar atenção ao trajeto, gerando possíveis acidentes graves.

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

 

 

Leia Também Graças à bateria estragada Doenças psicossomáticas Vêm aí momentos ainda mais difíceis para o funcionalismo do Estado Ministério da Saúde libera recursos para o Qualifar-SUS