Homicídio resulta em protesto de indígenas em Passo Fundo

Compartilhe

Aproximadamente 50 índios acampam em frente à Funai, na esquina das ruas Mascarenhas, com Uruguai.  O motivo da ação, segundo Neusa Lopes, uma das representantes da Aldeia, é pedir justiça, pois os indígenas estão sendo perseguidos na aldeia depois de um crime de homicídio.

No dia 8 de março deste ano, Vitor Hugo Santos, de 22 anos, foi assassinado na Reserva Vontoro, localizada na cidade de Benjamin Constant do Sul.  Ele deixou uma mulher e dois filhos, sendo que um nasceu após sete dias do seu homicídio.

Os indígenas foram no Ministério Público Federal de Erechim para realizar um protesto e estão em Passo Fundo desde as 2h desta madrugada para pedir ajuda à Funai.

 

Fotos: Bruno Reinehr, repórter policial

Leia Também DEFREC captura foragidos em Passo Fundo Brigada Militar receberá doação para equipamentos de proteção para ROCAM Polícia Civil realiza prisões e apreensões com a Operação Breaking Bad Acidente deixa feridos na ERS 324 entre Passo Fundo e Marau