Clero da Arquidiocese participa de formação sobre o canto litúrgico

Compartilhe

Buscando aprofundamento e a formação sobre tudo o que envolve o canto litúrgico e a presença da música na celebração, o Clero da Arquidiocese de Passo Fundo participou, nessa terça-feira, 15, de um encontro ministrado pelo padre João Carlos Sala – sacerdote da diocese de Erexim que já esteve, inclusive, na assessoria para a música litúrgica da CNBB.

Além de momentos de formação prática – com ensaio de cantos e orientações sobre a forma de cantar -, padre Sala trouxe, também, embasamento teórico para enfatizar a importância do canto litúrgico. “É preciso, também, ter atenção com o sagrado e respeito para com as coisas do Senhor. Precisamos formar para a ritualidade e ressaltar a importância da simplicidade”, enfatizou o sacerdote que acrescentou, também, que os ritos são essenciais para a compreensão daquilo que se reza e que, neste sentido, a música deve estar à serviço do que é celebrado. “Liturgia é ação e não apenas uma recitação automática de textos. Quando a liturgia cai na rotina, é preciso abrir os olhos para não entrar em um formalismo vazio”.

Também, o padre acrescentou que a música é essencial para a aproximação de Deus. “O canto está ligado com a experiência de encontro com o Ressuscitado. Assim, a música não é apenas um enfeite, mas é parte essencial e integrante da liturgia. Se deixamos de fora a música, deixamos fora uma parte importante da liturgia. A música nasce de dentro da ação litúrgica”, ressaltou. Padre Sala colocou, também, a necessidade de as músicas estarem conectadas aos textos lidos na celebração e, ainda, de estarem de acordo com o tempo celebrado.

Fonte: Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

Leia Também Festa de São Cristóvão ocorre domingo em Passo Fundo Itepa: inicia a segunda etapa da Pós-Graduação em Espiritualidade Reflexão do padre Paulo Augusto Farina sobre o Evangelho de domingo - 15/07/2018 57ª Festa de São Cristóvão acontece no dia 22 de julho