Clero da Arquidiocese participa de formação sobre o canto litúrgico

Compartilhe

Buscando aprofundamento e a formação sobre tudo o que envolve o canto litúrgico e a presença da música na celebração, o Clero da Arquidiocese de Passo Fundo participou, nessa terça-feira, 15, de um encontro ministrado pelo padre João Carlos Sala – sacerdote da diocese de Erexim que já esteve, inclusive, na assessoria para a música litúrgica da CNBB.

Além de momentos de formação prática – com ensaio de cantos e orientações sobre a forma de cantar -, padre Sala trouxe, também, embasamento teórico para enfatizar a importância do canto litúrgico. “É preciso, também, ter atenção com o sagrado e respeito para com as coisas do Senhor. Precisamos formar para a ritualidade e ressaltar a importância da simplicidade”, enfatizou o sacerdote que acrescentou, também, que os ritos são essenciais para a compreensão daquilo que se reza e que, neste sentido, a música deve estar à serviço do que é celebrado. “Liturgia é ação e não apenas uma recitação automática de textos. Quando a liturgia cai na rotina, é preciso abrir os olhos para não entrar em um formalismo vazio”.

Também, o padre acrescentou que a música é essencial para a aproximação de Deus. “O canto está ligado com a experiência de encontro com o Ressuscitado. Assim, a música não é apenas um enfeite, mas é parte essencial e integrante da liturgia. Se deixamos de fora a música, deixamos fora uma parte importante da liturgia. A música nasce de dentro da ação litúrgica”, ressaltou. Padre Sala colocou, também, a necessidade de as músicas estarem conectadas aos textos lidos na celebração e, ainda, de estarem de acordo com o tempo celebrado.

Fonte: Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

Leia Também Dom Rodolfo começa visita pastoral na Paróquia São José Pastoral da Saúde promove Seminário em Passo Fundo Papa Francisco anuncia 14 novos cardeais Carazinho: domingo de fé em Santa Rita de Cássia