Eleições 2018: PT e PDT querem apoio do PSB em nível nacional

Compartilhe




Depois que o PT decidiu manter a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a legenda abriu as negociações para fechar alianças nos estados que fortalecem o palanque da disputa presidencial, mas também que garantam a eleição ou reeleição de governadores petistas. Com a desistência do ex-ministro Joaquim Barbosa de se lançar candidato, o PSB passou a ser o partido mais cobiçado. Para o PDT, do pré-candidato Ciro Gomes, a prioridade é uma aliança nacional com o PSB e, enquanto isso PT e PSB começaram a conversar sobre as coligações estaduais. A ofensiva do PDT levou o PT a agilizar as conversas na tentativa de sair à frente nas alianças e atrair o PSB no maior número de estados possíveis. A expressão barrar o avanço do PDT foi usada entre petistas.

esta semana, em encontro com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, o PT avisou que as pesquisas de intenção de votos dão gás para a manutenção do nome do ex-presidente Lula, que continua liderando qualquer cenário e, no 2º turno, sai vencedor com candidatos de centro e de direita na disputa. A costura é complicada e, em alguns lugares, poderá haver dois palanques de candidatos presidenciais. No encontro, participaram a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR) e o deputado Paulo Teixeira (SP), do núcleo eleitoral da legenda. Em pelo menos, 10 estados os dois partidos poderão estar juntos, como é o caso do Ceará, pela reeleição de Camilo Santana (PT). Lá, o PDT também integrará a chapa e poderá haver um palanque para Ciro e outro para o candidato petista. 

No Nordeste, onde o ex-presidente Lula tem alto índice de intenção de votos cerca de 50%, o PT vê com cautela o avanço de Ciro Gomes. Sem Lula na disputa, ele, que já foi governador do Ceará, tem grandes chances de aumentar sua popularidade, e sua intenção de votos sai da casa dos 6% para 16%, de acordo com a última pesquisa do Instituto DataFolha. 


Fonte: Jornal do Brasil

Leia Também Casos de toxoplasmose sobem para 809 em Santa Maria Mega-Sena paga hoje prêmio de R$ 3 milhões Magnori: uma trajetória exemplar na educação municipal Saul Spinelli descarta candidatura a prefeito de Passo Fundo