Monsanto investe 1,6 milhão de dólares na unidade em Coxilha

Compartilhe

A unidade da Monsanto em Coxilha (RS) foi expandida e passa a abrigar pesquisas em soja. A área, que já era de pesquisa em milho, será multiculturas, unificando soja e milho na mesma unidade. Para concretizar a expansão, a Monsanto investiu US$ 1,6 milhão.

Foram ampliadas as estruturas físicas da unidade e houve a modernização de laboratórios e equipamentos. De acordo com o líder de planejamento e operações de pesquisa da Monsanto para América do Sul, Felipe Fiorentin, unir as pesquisas em soja e milho na mesma unidade aumentará a sinergia operacional e criará oportunidades de compartilhar atividades, recursos e conhecimento.

"A unidade de Coxilha está localizada em um ótimo ambiente para a seleção de tolerância ao frio, precocidade, resistência a algumas doenças, bem como para testar e introduzir germoplasma em clima temperado. A unificação das operações de pesquisa de milho e soja no sul do Brasil, impulsionará a implementação de nossa estratégia de Breeding 3.0", explica Fiorentin. Nessa estratégia de Breeding 3.0 (ou Pesquisa 3.0), a Monsanto cria produtos mais produtivos e sustentáveis, adotando técnicas de pesquisa mais eficientes e tecnologias de análises, predições computadorizadas, big data e automação.

Sobre a Monsanto

Somos uma empresa agrícola que desenvolve soluções integradas e seguras para pequenos, médios e grandes produtores colaborando para o avanço responsável da agricultura e da produção de alimentos. Produzimos uma grande variedade de sementes que vão desde frutas e legumes até as principais culturas – como milho, soja e algodão – que ajudam os agricultores a produzir alimentos nutritivos, seguros e a preços acessíveis para atender à população mundial crescente. Trabalhamos para encontrar soluções agrícolas sustentáveis que auxiliam os agricultores a conservar os recursos naturais, a usar dados para melhorar as práticas agrícolas, usar a água e outros recursos importantes de forma mais eficiente, e auxiliar na proteção de suas colheitas de pragas e doenças. Por meio de programas e parcerias com agricultores, pesquisadores, organizações sem fins lucrativos, universidades e outros públicos colaboramos para ajudar a resolver alguns dos maiores desafios do mundo. Para saber mais sobre nosso negócio e nossos compromissos, visite:

Leia Também Iniciam hoje as inscrições para concurso público da Prefeitura na área de saúde Paciente morre em acidente que envolveu veículo da Secretaria de Saúde de Liberato Salzano Usuários da água em Mato Castelhano devem informar a leitura Toda a cidade de Vila Lângaro guarnecida por câmeras de monitoramento