Prefeito de Benjamin Constant do Sul teria sido preso por indígenas

Compartilhe

Prefeito teria atirado na casa do cacique após morte de seu sobrinho

Segundo o relato na imagem que circula nas redes, o prefeito de Benjamin Constant do Sul, Itacir Hochmann, foi preso no interior da reserva por atirar na casa do cacique. Ele teria sido agredido e conduzido para a cadeia indígena, conhecida como Boi Preto. O fato teria ocorrido após o assassinato de seu sobrinho. Com o envolvimento de órgãos oficiais na ocorrência, o prefeito foi liberado e encaminhado para atendimento médico na Fundação Hospitalar Santa Terezinha em Erechim.

A imprensa aguardou em frente ao Pronto Socorro por cerca de uma hora e meia e informou os familiares e assessores dele que estavam no local de que gostaria de ouvir o prefeito sobre o fato ocorrido, mas o mesmo saiu do local por outra porta, sem ser visto pelos repórteres.

O sobrinho do prefeito, Nathan Cozer Hochmann, de 21 anos, conforme já informado anteriormente, morreu por volta das 22h da noite de ontem, quando retornava de Faxinalzinho com um amigo, após um jantar. Eles estavam na rodovia que liga os dois municípios e cruza a reserva indígena. Logo no começo da área pertencente aos índios, o carro em que estavam os jovens teria sido foi alvejado por um tiro, que acertou o pescoço de Nathan, que estava na carona. Ele chegou a ser socorrido, mas chegou sem vida ao hospital. A suspeita é de que o jovem teria sido assassinado por engano, já que os indígenas estariam procurando por um desafeto que teria um carro do mesmo modelo. Nathan foi encaminhado para exames periciais no IML de Passo Fundo. Ele era filho único.

A Polícia Federal investiga os fatos.

*com informações do Portal Jornal Boa Vista

Leia Também Morre ex-prefeito de Vila Maria Prefeitura de Pontão decreta situação de emergência pelo temporal O dia seguinte: tempo de recomeçar Prefeitura de Água Santa decreta situação de emergência