Assembleia rejeita plebiscito sobre entrega de estatais

Compartilhe

Por 29 votos a 23, a Assembleia Legislativa rejeitou, no início da noite dessa terça-feira, o projeto que reduzia de cinco para três meses o prazo entre o chamamento e a realização de um plebiscito para consultar os eleitores sobre a federalização ou a privatização de três estatais de energia – CEEE, Sulgás e Companhia Riograndense de Mineração (CRM). Com isso, não há mais chance de a consulta ocorrer ainda em 2018, junto com as eleições de outubro. Enviado em regime de urgência, o texto passou a trancar a pauta em 29 de maio no Parlamento.

Por mais de duas horas, os deputados debateram o teor da matéria. Temendo não ter votos necessários, a base aliada solicitou, por diversas vezes, a verificação de quorum com intuito de retardar a votação para a próxima terça.

Leia Também Justiça homologa delação premiada de Palocci Fachin arquiva pedido de liberdade de Lula Associado do Sicredi está pronto para viajar à Rússia Pelo menos 22 candidatos são assassinados antes das eleições no México