Assembleia rejeita plebiscito sobre entrega de estatais

Compartilhe

Por 29 votos a 23, a Assembleia Legislativa rejeitou, no início da noite dessa terça-feira, o projeto que reduzia de cinco para três meses o prazo entre o chamamento e a realização de um plebiscito para consultar os eleitores sobre a federalização ou a privatização de três estatais de energia – CEEE, Sulgás e Companhia Riograndense de Mineração (CRM). Com isso, não há mais chance de a consulta ocorrer ainda em 2018, junto com as eleições de outubro. Enviado em regime de urgência, o texto passou a trancar a pauta em 29 de maio no Parlamento.

Por mais de duas horas, os deputados debateram o teor da matéria. Temendo não ter votos necessários, a base aliada solicitou, por diversas vezes, a verificação de quorum com intuito de retardar a votação para a próxima terça.

Leia Também Suspeitos de envolvimento na morte de Marielle Franco são presos no Rio de Janeiro Passo Fundo teve 12 casos de feminicídio registrados em 2018 Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS Depois de Passo Fundo e Caxias, Santa Cruz do Sul também deve receber Havan