Governo deve revogar nova tabela de fretes nesta sexta

Compartilhe

O governo federal decidiu na noite dessa quinta-feira (07) que vai revogar nesta sexta-feira a nova tabela com o preço mínimo do frete para o transporte rodoviário de cargas, publicada em edição extra do Diário Oficial da União no final da tarde dessa quinta. De acordo com a assessoria do Ministério dos Transportes, com a decisão, a tabela publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no dia 30 de maio estará valendo até uma nova tabela ser elaborada pela agência.

Ainda segundo a assessoria, a decisão foi tomada após reação dos representantes dos caminhoneiros com a publicação do documento nesta quinta-feira. A categoria se reúne com o governo na manhã desta sexta-feira na sede da ANTT, em Brasília.

A tabela que foi divulgada foi elaborada porque, de acordo com ANTT, a anterior, publicada no dia 30, estava confusa. O documento que será revogado previa valores de frete por quilômetro rodado combinado com o número de eixos dos caminhões e a possibilidade de negociação do frete de retorno entre o contratante de origem e o transportador.

O ministro do Transporte, Valter Casimiro, disse em coletiva de imprensa, antes da decisão de revogar o documento, que a nova tabela foi acordada com o setor do agronegócio, setor de cargas e combustível e representantes dos caminhoneiros.

*Rádio Guaíba

Leia Também Falso empresário que tentou negociar jogadores da dupla Grenal é alvo de busca e apreensão Cruzeiro é hexa da Copa do Brasil Dona é condenada à detenção por maus-tratos e abandono de cachorra Encontrão de Mulheres da Coasa reúne 850 participantes