Um passo à frente para desnuclearização da península coreana

Compartilhe

 A Coreia do Norte se comprometeu com a desnuclearização completa da península coreana nesta terça-feira (12), durante o encontro de seu líder, Kim Jong-un, e o presidente dos EUA, Donald Trump.

Os dois países "decidiram deixar o passado para trás" e "o mundo verá uma grande mudança", segundo Kim, que assinou uma declaração de quatro itens ao lado de Trump.

Em um dos quatro itens do documento, o líder norte-coreano se compromete a trabalhar pela desnuclearização completa da península coreana, reafirmando o que foi determinado pela Declaração de Panmucion, assinada em 27 de abril de 2018 pelas duas Coreias.

O conteúdo do documento foi considerado "bastante completo" por Trump, que diz que os países estabeleceram uma ligação especial após a assinatura. O presidente americano afirmou, inclusive, que irá "certamente" convidar Kim a visitar a Casa Branca.

Leia Também Suspeitos de envolvimento na morte de Marielle Franco são presos no Rio de Janeiro Passo Fundo teve 12 casos de feminicídio registrados em 2018 Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS Depois de Passo Fundo e Caxias, Santa Cruz do Sul também deve receber Havan