A sabedoria dos antigos

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

Certa vez um padre novo foi rezar uma missa no interior de sua paróquia e por culpa de mal-entendidos sobre horário da missa, veio apenas um senhor da roça para participar da reza.

O que vai fazer agora? Tinha preparado bem a liturgia, com sermão bem comprido. Vai rezar a missa ou não vai rezar?

Quando o senhor percebeu que o padre não estava disposto para celebrar a missa, observou assim ao padre:

- Sabe, padre, eu tenho uma fazenda com muitas vacas, mas eu comecei apenas com uma e com o tempo fui conseguindo mais e mais. Hoje eu tenho uma grande tropa.

O padre respondeu:

- O senhor está certo. Entendi a sua mensagem. Agradeço e vou celebrar a missa.

Ao iniciar a celebração, nenhuma pessoa a mais viera para participar. O padre celebrou a missa com todo entusiasmo e fez um sermão de uma hora. A missa terminou bem tarde.

Já na sacristia, o roceiro se aproxima e diz:

- Quando eu vou alimentar as minhas vacas, eu preparo a comida para todas, mas quando vem somente uma para comer, eu não dou toda comida que preparei somente para ela.

A paciência, na ação pastoral, faz entender que é preciso semear sempre, sem parar e aguardar a resposta. Mas não colocar sementes demais no mesmo lugar, para não ficar tudo sufocado.

*A Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo salienta que o texto reflete a opinião de seu autor.

 

Leia Também Homenagem a clubes da cidade gera polêmica A mais equilibrada Série Prata dos últimos anos O que evitar quando há retenção de líquidos? ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA