Olhares para a Rússia: começa a Copa 2018

Compartilhe

A seleção russa que entrará em campo nesta quinta-feira poderá ter na lateral-direita um brasileiro naturalizado russo: Mário Fernandes. O atleta foi revelado pelo Grêmio e atualmente integra o CSKA de Moscou, onde chegou em 2012. Mário faz parte da seleção da Rússia desde o ano passado. A solenidade de abertura ocorre às 11h30 desta quinta-feira (horário de Brasília). Às 12h rolará a bola para Rússia e Arábia Saudita

Anton e Alexei Miranchuk são os gêmeos destaques do time russo. Os dois jogam no meio de campo e são estreantes em Copa. O time mais provável que deverá entrar em campo é formado por Akinfeev, Mário Fernandes, Granat, Ignashevich e Kudryashov, na defesa; Zobnin, Golovin, Zhirkov e Samedov, no meio de campo; e Miranchuk; Smolov, no ataque.

A Arábia Saudita disputa a sua quinta Copa do Mundo. Anteriormente, ela já havia participado das copas de 1994, 1998, 2002 e 2006. A equipe saudita conseguiu a classificação para a Rússia, disputando as eliminatórias asiáticas na mesma chave de Austrália e Japão. Apesar de não ser a favorita, superou a Austrália no saldo de gols. Os australianos também se classificaram, mas na fase de repescagem.

O melhor resultado da Arábia Saudita foi na Copa de 1994, nos Estados Unidos, chegou até as oitavas-de-final. Atualmente, o treinador é o argentino naturalizado espanhol Juan Antonio Pizzi. Osama Hawsawi, zagueiro de 34 anos, é o destaque. Pizzi deve colocar em campo hoje os seguintes jogadores: Al-Mosailem, Al-Shahrani, Omar Hawsari, Osama Hawsari, Al-Harbi, Otayf, Al-Jassam, Al-Shehri, Al-Muwallad, Al-Dawsari e Al-Sahlawi. Rússia e Arábia Saudita nunca se enfrentaram em uma Copa do Mundo.

Leia Também Internacional goleia no Maracanã Ricardo Machado vence o Brasileiro Mountain Bike Maratona Grêmio goleia Vitória e Douglas é destaque Série Prata: tropeço no final do jogo