Concluído inquérito sobre quadrilha de tráfico que lavou mais de R$ 1 milhão

Compartilhe

A Polícia Civil concluiu o Inquérito Policial que apurava o crime de lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Clivium. A investigação relacionada ao tráfico de drogas na região Metropolitana de Porto Alegre iniciou-se no ano de 2014. Foram identificados e presos mais de 100 integrantes da organização criminosa, que atuava principalmente em Gravataí e Cachoeirinha.

Segundo o delegado Eduardo Hartz, durante a fase de lavagem de dinheiro, o procedimento contou com mais de 8000 folhas e resultou no indiciamento de 11 pessoas. “Apurou-se que um montante de aproximadamente R$ 1.175.000,00 foram lavados, através da aquisição de 8 casas, dois apartamentos, dois terrenos, 17 automóveis, dois caminhões, uma motocicleta e um ponto comercial. Todos os bens foram adquiridos com recursos oriundos do comércio ilegal de entorpecentes, sendo a imensa maioria ocultada em nome de “laranjas”, destacou.

O delegado Marco Antonio Duarte de Souza salientou que o inquérito principal foi desmembrado em mais de 50 inquéritos autônomos e teve diversas fases investigativas e operacionais. “Destacou-se a operação do dia 25 de junho de 2015, quando foi cumprido cerca de 200 ordens judiciais de prisão e busca e apreensão, com a participação de mais de 600 policiais”, disse o delegado.

De acordo com o delegado Endrigo Marques, a investigação especializada focada na descapitalização do crime organizado, que é uma diretriz da Polícia Civil, contou com o apoio do Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro. Os principais líderes e gerentes do grupo criminoso continuam presos preventivamente desde 2015.

 _______

Créditos: Rádio Guaíba 

Leia Também Foragido é capturado embaixo das cobertas Sargento aposentado morre após ser baleado pelas costas Incêndio mata criança de três anos em Fontoura Xavier PRF e PC apreendem caminhão carregado com cigarro contrabandeado