Depois de 33 tentativas e 25 anos de aulas, homem consegue carteira de motorista

Compartilhe

Após 33 tentativas, 14 instrutores diferentes e 25 anos de aulas, o britânico Christian Whiteley-Mason, de 42 anos, conseguiu passar no exame prático para obter sua licença para dirigir. A história foi compartilhada pelo jornal Mirror e viralizou nas redes sociais.

Mason teve 85 aulas em todo este período e gastou 10 mil libras (mais de R$ 50 mil reais) em todo este período. Ele realizou o exame pela primeira vez em 1992. Falhou no primeiro teste aos 17 anos e, de lá para cá, não vinha mostrando sinais de evolução no volante, mesmo tendo passado por 14 instrutores diferentes.

"Eu estava aprendendo em um carro manual e esse era o problema. Eu comecei a entrar em pânico, minhas pernas tremiam e eu estava nervoso. No meu primeiro teste, eu virei em uma curva, subi em uma calçada e bati em um carro. Eu também cheguei a um sinal de parada, não vi e fui direto. Havia uma examinadora em Barnsley e, assim que ela me viu, soube que seriam 40 minutos de silêncio e isso tornava ainda mais estressante", relata Christian.

Em 2003, depois da 32ª tentativa, Christian desistiu por um tempo de fazer novos testes, "porque estava ficando entediado". Anos depois, quando percebeu que gastava muito com táxi e aluguel de carro para trabalhar, o homem decidiu tomar coragem e retornar às aulas, com um novo instrutor.

Foi neste período, por exemplo, que o britânico passou a recorrer a Deus:

— Eu rezava todas as noites pedindo para que não fosse o mesmo examinador que continuasse a me reprovar — disse ao Mirror.

Ele passou no teste e disse que conseguiu comprar seu carro, dando-lhe o nome de Percy.


Foto de seu carro publicada em seu Facebook.

*com informações traduzidas Jornal Mirror UK 

Leia Também Prefeitura faz obra de infraestrutura no bairro Nenê Graeff Brigada Militar recupera carro roubado Presidente do TRF4 assina exoneração de Sergio Moro Quase 7 mil motoristas já foram multados nas estradas gaúchas neste feriadão