15º Domingo do Tempo Comum.

Compartilhe
Salmo 84,8 - Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia."
A liturgia deste final de semana, segundo Evangelho de Jesus Cristo, escrito pelo evangelista Marcos 6,7-13 nos leva a sentir a nossa responsabilidade diante da missão como discípulos de Jesus, que precisam levar a Palavra a todos os lugares. 
Jesus nos convoca e nos pede que sejamos despojados de tudo o que é supérfluo e descartável seguindo o Caminho que Ele nos propõe. No relato deste evangelho Jesus envia os seus, dois a dois, para nos dizer que não estamos e não devemos viver isolados, mas trabalhar para o seu Reino em comunidade, em igualdade e com apoio recíproco. Fiéis, dignos e austeros no comportamento e no testemunho. 
Vivemos em tempos muito difíceis e conscientes que o nosso mundo está à deriva nas coisas de Deus. O que prevalece, de um modo geral, são as aparências externas e o culto ao poder, ao dinheiro e ao ter. A determinação de Jesus aos seus discípulos,  que não levem nada na caminhada; nem pão, nem mochila, nem dinheiro, uma única sandália e nunca duas túnicas. Esse é o despojamento total. O que realmente tem valor no comportamento do discípulo é o seu testemunho de simplicidade, de fé e de fiel seguimento.
Quando observamos o mundo de hoje, o comportamento das pessoas, de um modo geral, temos uma visão de completa de falta de solidariedade para com os mais necessitados. Nos deparamos com pessoas preocupadas com a sua aparência exterior, esquecendo completamento de seu interior, de seu compromisso como filhos de um Deus amoroso e misericordioso que tudo nos concedeu gratuitamente. Onde está a nossa preocupação com o irmão que passa fome, que não tem moradia e que não tem direito a saúde? Onde está a prática da caridade? Sejamos solidários e fraternos uns com os outros.
Bom domingo na paz do Senhor Jesus.

Leia Também Granja modelo Empresa de turismo obtém isenção de ISS Viver em comunidade 1º Volks Passo Fundo Shopping