Por que incentivar as crianças?

Postado por: Isadora Fochi

Compartilhe

Muitas e muitas crianças nascem e crescem dentro de uma entidade tradicionalista, e muitas vezes esse vínculo é criado por conta da participação dos pais no tradicionalismo. Por outro lado, muitas crianças são apresentadas ao tradicionalismo já com uma maior idade, e pegam gosto por ele com o passar dos anos. Mas, por outro lado completamente diferente, algumas crianças não conhecem este moimento e muitas vezes mão recebem incentivo devido para abraça-lo como nós, tradicionalistas fizemos.

Talvez as categorias de base, seja em qualquer segmento de uma entidade tradicionalista, sejam as que mais merecem um enfoque dos associados e da comunidade em geral. De certa forma, são nessas categorias que nós, jovens tradicionalistas, aprendemos a pegar gosto por esse movimento, simpatizamos com ele e com certeza, criamos os vínculos mais fortes. Por isso, é dever daqueles que, a mais tempo participam, incentivar os “iniciantes” a continuarem na causa, afinal essas prendinhas e esses peõezinhos são o futuro de tudo isso.

Mas e como garantir o incentivo? Primeiramente as entidade tradicionalistas são, acima de tudo, aqueles responsáveis por garantir a presença da cultura gaúcha em todos os certames sociais de local onde se encontra inserida. Ou seja, as entidades devem se apresentar a estas crianças de diferentes formas, exemplo disso é a Semana Farroupilha, principal momento do ano em que há a participação da cultura. Também, ingressar nas escolas, levando às crianças que não tem oportunidade de terem essa participação, o conhecimento daquilo que é nosso.

Dessa forma, garantimos o incentivo às categorias de base, como chamamos, e efetivamos sua presença e participação numa entidade. Assim, unem-se conhecimento, vivência, e também, gerações, em prol desta causa que abraçamos.

Leia Também Homenagem a clubes da cidade gera polêmica A mais equilibrada Série Prata dos últimos anos O que evitar quando há retenção de líquidos? ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA