Reforma e ampliação da Unidade de Emergência do HC inicia em noventa dias

Compartilhe

As obras que incluem o projeto de reforma e ampliação da Unidade de Emergência do Hospital da Cidade deverão iniciar dentro de noventa dias. Inicialmente prevista para execução no mês de agosto, a alteração de datas ocorreu visando a manutenção do atendimento à comunidade devido às dificuldades encontradas na contratação de médicos para atendimento nas Unidades Básicas de Saúde de Passo Fundo e Hospital Municipal para assistência à demanda de pacientes em situações clínicas de menor gravidade, que serão encaminhados pelo Hospital da Cidade durante o período de melhorias da área física.

A deliberação ocorreu durante reunião entre representantes do Hospital da Cidade, Coordenadoria Regional de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde e outras instituições de saúde do município, onde o pleito de prorrogação do início das obras foi feito pela 6ª Coordenadoria Regional de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde.

O projeto da nova Unidade de Emergência do Hospital da Cidade prevê a ampliação da área física de 947 m² para 2.183m². Com isso será possível o aumento do número de leitos para atendimentos de emergência, de 3 para 12 leitos, a implementação de três leitos destinados a emergências pediátricas, a ampliação da estrutura para atendimento especializado na Unidade de AVC e Dor Torácica, de 5 para 8 leitos, além de qualificar as condições estruturais de atendimento prestado pelas equipes médicas e de enfermagem da instituição à comunidade da região.

Além das mudanças estruturais, a Unidade de Emergência do HC está passando por um processo de melhorias das ferramentas de gestão de processos gerenciais que envolvem os atendimentos realizados pelo serviço. Desde o mês de maio, a instituição integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS), que através do Projeto Lean nas Emergências possibilita a execução de um plano de ação, fortalecendo a otimização do fluxo, a capacidade de resposta e a qualidade assistencial do serviço hospitalar de urgência. A equipe do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, integra o grupo de trabalho do Comitê Gestor do Proadi-SUS, apontando as oportunidades de melhorias, que refletirão na qualificação do atendimento para  a comunidade regional.

Leia Também Prazo final para requerer voto em trânsito Passo Fundo alcança 50% da meta de vacinação contra sarampo e poliomielite Polícia investiga matança de cães em Herval RS tem virada no tempo e semana começa fria