Lei Maria da Penha completa 12 anos

Compartilhe

Cerca de 160 ocorrências de violência doméstica são registradas por mês, em Passo Fundo.

Durante o programa Na Ordem do Dia, João Altair conversou com a delegada à frente da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, Rafaela Weiler Bier, sobre os 12 anos da Lei Maria da Penha e o número de ocorrências registradas em Passo Fundo.

Segundo Rafaela, atualmente as vítimas se sentem mais ‘empoderadas’ para buscar os órgãos públicos e fazer o registro da ocorrência, porém em muitos casos, elas se isolam e não se manifestam, por medo, vergonha ou por se sentirem dependentes financeiramente do agressor.

A delegada ainda informou que uma das maiores causas destes acontecimentos é provocada pelo ciúme do parceiro, desencadeado em maior intensidade e agressividade devido ao estado de embriaguez e consumo de entorpecentes.

Nos sete primeiros meses deste ano, a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Ligue 180) recebeu 79.661 mil denúncias com relatos de abuso sexual, homicídio, cárcere privado e outros tipos de violência.

O serviço do número é gratuito, funciona 24 horas por dia e preserva o anonimato a quem denuncia. Segundo o governo federal, há muitas mulheres que ligam apenas para solicitar informações ou encaminhamento para serviços especializados.

Os relatos recebidos via telefone são encaminhados aos sistemas de Segurança Pública e ao Ministério Público do local correspondente. 

Além da medida protetiva, a mulher também tem direito a atendimento por equipe multidisciplinar composta por psicólogo e assistente social.

Confira o áudio da entrevista:

  • Delegada Rafaela Bier - Violência Doméstica

Leia Também Processo seletivo para a contratação de médicos vai até sexta-feira TSE divulga Carta à Nação Brasileira Salários de até R$ 15 mil serão pagos pelo Estado nesta terça-feira BM captura indivíduos que furtaram em caminhão no Boqueirão