Briga generalizada no presídio de Alegrete

Compartilhe

Agentes penitenciários do Grupo de Ações Especiais (Gaes) da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e policiais militares promoveram uma inspeção minuciosa no Presídio Estadual de Alegrete, a partir das 6h desta terça-feira. A casa prisional havia sido palco, na tarde dessa segunda-feira, de uma briga generalizada durante o horário de lazer.

O conflito resultou em três detentos baleados, um deles identificado pelo apelido de Preto, de 32 anos, encaminhado com três disparos à Santa Casa. Os outros dois – com 22 e 39 anos – foram baleados nas pernas.

De acordo com investigações iniciais, o primeiro disparo partiu de uma arma em poder de Preto. Os agentes ainda não identificaram o alvo, que revidou. Os outros dois foram vítimas de bala perdida e não tiveram envolvimento com a confusão.

A revista ocorreu em toda a casa prisional, incluindo o telhado. Foram apreendidos um revólver calibre 32, 22 facas artesanais, seis pedaços de serra, além de 22 celulares, oito baterias e seis carregadores.

Os agentes ainda localizaram maconha e cocaína em algumas celas. A operação pente-fino começou sob tensão. Três presidiários, algemados, foram mantidos no interior de viaturas devido à necessidade de contenção.


Fonte: Rádio Guaíba

Leia Também Com diversas passagens e em prisão domiciliar, homem é capturado pelo POE Embriagado, dirigindo na contramão e em prisão domiciliar é capturado pela BM Tentativa de arremesso de bebida alcóolica ao Presídio resulta em duas prisões Abordagens ao amanhecer em Passo Fundo