Preso suspeito de chacina na Capital

Compartilhe

Um outro homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas na ação

Durante ação da 5ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), na noite dessa terça-feira (07), um homem, de 18 anos, com antecedentes por roubo e homicídio, na condição de adolescente infrator, foi preso preventivamente e em fragrante. Segundo a delegada Luciana Peres Smith, o indivíduo foi apontado como executor da “chacina” ocorrida no dia 04 de junho de 2018, num casebre localizado no interior da praça na Rua Adelino Ferreira Jardim que vitimou sete indivíduos do sexo masculino, sendo que três deles foram à óbito.

No curso das investigações, apurou-se que o local onde ocorreu o crime era um ponto de tráfico de drogas. O preso e outros indivíduos - ainda não identificados – adentraram o local, encapuzados e fortemente armados, identificando-se como policiais e executaram as vítimas, fugindo do local. A motivação para o crime estava ligada a disputa por ponto de tráfico de drogas na localidade. A ordem para ataque partiu de um líder que comanda o tráfico de dentro do sistema prisional. Também havia um mandado de busca e apreensão em desfavor do homem preso, em virtude de homicídio doloso de um policial militar da reserva, ocorrido no mês de março de 2017. Durante o cumprimento do mandado de prisão preventiva, o preso, de 18 anos, e outro homem, de 24 anos, foram autuados em flagrante por tráfico ilícito de drogas, sendo apreendidos com eles aproximadamente 600  gramas de substância com característica semelhantes à maconha, além de duas balanças de precisão - relatou a delegada.

____
Créditos: Polícia Civil 

Leia Também Estelionatário é preso por aplicar conto do bilhete e lesar vítima em R$ 58 mil Mãe joga filha de 4 anos da janela de 5° andar de apartamento em SP Assaltante de banco em Porto Xavier ostenta dinheiro e armas em fotos Ônibus com passageiros de Panambi é interceptado por bandidos que tentaram praticar roubo a banco