Cassado prefeito de Não-Me-Toque

Compartilhe

O prefeito de Não-Me-Toque, na região do Alto Jacuí (RS), Armando Carlos Ross (PP), foi cassado do cargo. A decisão foi tomada em sessão da Câmara de Vereadores na noite dessa sexta-feira (10).  

O prefeito foi denunciado pelo Ministério Público à Justiça pelos crimes de assédio sexual, importunação ofensiva, abuso de autoridade e perturbação do sossego. Ross foi alvo de investigação após ser apresentado um vídeo gravdo por uma servidora no qual o prefeito conversa com a mulher sobre o cargo que ela ocuparia na prefeitura e a convidando para ir a seu apartamento. 

Armando Carlos Ross já havia sido afastado da prefeitura, através de afastamento cautelar, da administração por municipal em decisão do juiz Marcio César Monteiro.  A decisão foi tomada para atender ao interesse público da apuração dos fatos a ele atribuídos, evitando sua interferência perante vítimas e testemunhas.

Leia Também Comunidade ora pela recuperação de criança que caiu de cavalo em Espumoso Administração de Ernestina decreta luto por morte de diretora de escola Lavoura de soja é incendiada em Mato Castelhano PRF atende acidente com vítimas fatais na BR-285 em Lagoa Vermelha