22º Domingo do Tempo Comum.

Compartilhe
Senhor, quem há de morar em vosso tabernáculo? - Salmo 14,1a.
Evangelho de Jesus Cristo, escrito pelo evangelista Marcos 7,1-8.14-15.21-23 nos traz novamente a exortação de Jesus para que nos conservemos puros e diz mais: "nada há fora do homem que, entrando nele, o possa manchar; mas o que sai do homem, isso é o que mancha o homem". No nosso interior, mente e coração, são os que produzem o mal e o exteriorizamos com nossos atos e atitudes. É fácil notarmos quando uma pessoa não consegue esconder a sua maldade, quando despreza o seu semelhante e se sobrepõe ao seu irmão. Vícios que contaminam o ser humano e a sociedade que precisam ser combatidos com: o amor, a solidariedade, a justiça, a misericórdia, a verdade, a paz e a entrega às necessidades do próximo. 
Queremos e pedimos um mundo melhor, mais humano, mais igualitário e não percebemos que precisamos começar por nós mesmos, em primeiro lugar. É impossível termos paz na família, no trabalho e no convívio com os outros se não corrigirmos a nós mesmos.  
Somos convidados, como seguidores de Jesus e autênticos cristãos a, com nossas atitudes e o nosso testemunho, levar a verdade, a justiça e a autêntica fraternidade a todos aqueles que fazem parte de nossa caminhada. 
Bom domingo, na paz do Senhor.

Leia Também Granja modelo Empresa de turismo obtém isenção de ISS Viver em comunidade 1º Volks Passo Fundo Shopping